17 de set de 2010

Café da manhã, almoço e janta!

O ser humano deve alimentar-se regularmente e diariamente a fim de obter a energia necessária às suas demandas. O ideal é realizar 3 refeições equilibradas em 24 horas, com um intervalo regular entre elas. Isto é, em razão da vida social: 1 desjejum, 1 almoço e 1 jantar.

A refeição mais importante é o desjejum, pois dará o aporte energético indispensável após o período de jejum noturno e antes do início das atividades do dia. O menos importante é o jantar, pois as necessidades energéticas são menores durante o período de sono que vai seguí-lo.

Omitir (pular) uma refeição "para emagrecer" é um erro, pois isto leva a pessoa a comer mais na refeição seguinte ou a "beliscar" entre as refeições. Nosso cérebro é programado pra manter nosso corpo em equilíbrio constante e ao perceber que faltou uma refeição do dia, que você normalmente comeria, ele automaticamente aumenta sua fome para que você busque alimento o mais rápido possível! E ainda reduz seu gasto energético basal (metabolismo) para que você economize calorias nas próximas refeições: ou seja, o que você ingerir de calorias será mais estocado em forma de gordura corporal do que queimado pelo seu metabolismo celular.

Uma coisa ainda pior é realizar apenas uma refeição por dia, principalmente pulando o desjejum! É muito comum as pessoas se espantarem por comerem apenas uma vez ao dia e não emagrecerem, mas ainda por cima, engordarem! Mas já é estabelecido que uma única refeição por dia ao invés de 3, mesmo que essa única tenha a mesma quantidade de calorias das 3 somadas, fará você engordar mais! A troca de 3 refeições por dia por uma única refeição diária resultará no ganho de aproximadamente 5 kg em 1 ano!!!

Entre estas 3 refeições principais balanceadas, é interessante que se coma algum lanche, pouco calórico, do tipo uma fruta, 1 copo de suco natural sem açúcar, uma barra de cereais...enfim, algo que irá diminuir sua fome para a próxima refeição e ajudará a acelerar seu metabolismo. Lembra dos alimentos com calorias negativas? Leia a matéria aqui no blogg e escolha um destes!

Não entenda estes lanches como um passe livre para "beliscar" qualquer coisa fora de hora. Você tem que programar o que vai comer nesses intervalos para não acabar caindo em tentação e indo procurar no armário ou geladeira alguma guloseima. O ato de beliscar é definido como o ato de comer entre as refeições alimentos ricos em açúcar e gordura, que só acarretam aumento nos níveis de insulina e favorecem o ganho de peso. Estudos mostraram que os alimentos geralmente escolhidos para beliscar são chocolate (28% dos casos!), bolos (27% dos casos), pães (15% doas casos), queijos (15% dos casos), pizzas (6% dos casos), croissants e outros doces como biscoitos, balas, etc.

Comer não é algo que devemos fazer por impulso, por desejo ou por hábito. O ato de comer deve ser programado como fazemos com o banho, a escovação dos dentes, a arrumação da casa...deve ser um compromisso, uma atividade programada, calculada e realizada de forma racional. Deve-se olhar para o alimento e ver o que estamos ingerindo, pensar na qualidade daquilo que estamos colocando dentro de nosso corpo. Ao agir dessa forma conseguimos fazer escolhas bem mais saudáveis sem sofrer. Aja assim no seu dia a dia e claro, em situações especiais você pode (e deve) sair da rotina e cair em tentação, mas limite-se a fazer isso em situações especiais.

Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário