27 de set de 2010

Frágil, extremamente frágil

Hormônios, anatomia diferente e prática de esportes de impacto tornam o joelho da mulher mais vulnerável que o masculino. Já faz tempo que as mulheres empurram para longe o rótulo de sexo frágil. Também não é de hoje que passam a ocupar mais espaço no mercado de trabalho. Mas um fenômeno é mais recente: elas estão se aventurando em esportes em que, antes, predominava apenas os homens.

Os joelhos femininos tendem a ser problemáticos por natureza, até porque costumam ser do tipo valgo, isto é, ligeiramente virados para dentro. Essa postura aumenta as chances de lesões como a condromalácia, um desgaste da cartilagem entre o fêmur e a patela. Na mulher, o problema é mais freqüente porque o joelho valgo força essa cartilagem. O deslocamento da patela também persegue o sexo feminino, afetando sete mulheres para cada homem. Tido como um mal genético, ele faz com que o osso tenha maior probabilidade de sofrer uma luxação.
Não podemos nos esquecer, ainda, do fator hormonal. As mulheres têm mais um motivo para reclamar da famosa TPM. Nesse período, em que o corpo acumula água, o joelho, claro, não é exceção. Cheio de líquido, fica à mercê de contusões em qualquer impacto por exemplo, na hora de dar um salto. E nem quando a menstruação vai embora de vez os joelhos ficam em vantagem. Quase ao contrário. Na menopausa, cresce outro fator de risco: a osteoporose. E, com ela, aumenta a chance de uma fratura.Isso tudo, porém, ainda não justifica o número cada vez mais alto de mulheres reclamando das dores na articulação. As mulheres tiveram uma mudança de perfil esportivo. Antes, praticavam mais o handebol e no máximo o vôlei.Agora participam de modalidades de maior impacto como futebol e corrida de aventura, por exemplo e, aliás, de maneira bem mais competitiva.
Uma das estruturas que padecem nessas esportistas é o ligamento cruzado anterior, que serve de elo entre os ossos da canela e da coxa (a tíbia e o fêmur). Há oito anos, 3% dos casos de problemas nesse ligamento diziam respeito às mulheres. Hoje elas já representam 10% dos pacientes. A saída para prevenir boa parte dos problemas é preparar o corpo especificamente a área do joelho antes de cair de cabeça em qualquer esporte. Não importa a modalidade, sempre é bom reforçar os membros inferiores praticando sessões de fortalecimento intercalados aos treinos, sem falar que é indispensável contar com um bom orientador, pro resultado não ser pior ainda. Aquecimento pré-exercício deixando a articulação a postos e calçados corretos podem também fazer toda a diferença.

Pra quem pratica algum exercício físico , como futebol, tenis, volei, corrida, etc. o trabalho paralelo de fortalecimento é essencial. E para quem não pratica exercício algum, a exigência de fortalecer articulação é a mesma, visto que uma lesão pode aparecer num simples movimento, como um escorregão ou torção acidental, andando pela rua. JÁ PENSOU?

Na DUE, dispomos apenas de exercícios inteligentes, ou seja, seus joelhos estaraõ em boas mãos. O acompanhamento é feito por fisioterapeuta e você pode escolher entre diversas modalidades que proporcionarão o fortalecimento adequado dos membros inferiores. São elas:


PILATES: ideal para quem que fortalecer os membros inferiores sem proprocionar impacto articular nos joelhos, visto que as molas utilizadas para proporcionar resistência não causam nenhum impacto. Indicadíssimo para quem já tem alguma lesão no joelho ou tem disposição.

PLATAFORMA VIBRATÓRIA: para quem precisa fortalecer a musculatura mas não consegue se dedicar ao tratamento devido ao fator TEMPO...esta opção é maravilhosa! Em poucas posturas e pouco tempo sua musculatura é requisitada na mesma intensidade de um treino convencional de musculação.
BRAVO BY CYBEX: esse aparelho foi considerado o melhor aparelho de treinamento funcional DO MUNDO. Precisa falar mais alguma coisa? Não existe melhor equipamento para realizar treino de fortalecimento do que este, que como já postamos em outra matéria, possui um sistema de regulagem de altura e distância dos cabos com rotação em 3D, o que significa que proporciona ao praticante exercitar-se em um aparelho que pode ser "moldado" à estrutura física dele. Tudo pode ser regulado! Fabricado pela CYBEX que é reconhecida mundialmente também como a melhor em equipamentos para exercício físico. Ideal para quem quer garantir o melhor método de fortalecimento e também indicadíssimo para os atletas de elite.


Dra. Pâmela Rosa Pereira.





Nenhum comentário:

Postar um comentário