9 de out de 2010

Vitamina C

Durante o verão, devido a uma maior exposição da pele aos raios UV, é comum interromper-se o uso dos ácidos utilizados para o tratamento da pele, pois estes deixam a pele mais fina e sensível ao sol (leram a última postagem??).

No entanto, não é necessário parar o tratamento da pele, pois a vitamina C tópica surge como uma boa alternativa para a estação! (além da furfuril-adenina, lembrados?).

A vitamina C exerce uma ação anti-oxidante na pele, protegendo-a dos radicais livres que são os vilões do envelhecimento cutâneo. Além disso, o uso tópico da vitamina C estimula a neo-colagênese (formação de um novo colágeno) e favorece o clareamento de manchas.

Os resultados não são tão evidentes quanto os obtidos, por exemplo, com o ácido retinóico, mas a sua ação já está comprovada. Testes realizados com produtos contendo vitamina C 10% mostraram efeitos positivos no tratamento do fotoenvelhecimento. Esta é a concentração ideal para se obter melhores resultados e, geralmente, só é encontrada em produtos manipulados. No entanto, nesta concentração, o produto tem baixa estabilidade, deve ser guardado em geladeira e sua validade é curta, cerca de 30 a 45 dias.

Por não apresentar problemas com a exposição ao sol, o produto pode ser usado durante o dia o ano inteiro,inclusive no verão, por baixo do protetor solar, em combinação com o uso noturno de outros produtos, como a Furfuril-adenina ou o DMAE.


Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário