7 de out de 2010

Peeling de Diamante

A microdermoabrasão é um procedimento realizado com um aparelho que possui uma ponteira de diamante, que esfolia a pele. Esta "agressão" promovida pelo diamante, promove um peeling cutâneo, cuja intensidade vai variar de acordo com a pressão utilizada e o número de vezes que a cânula é passada na pele.

No peeling superficial, após o procedimento, a pele fica avermelhada e edemaciada (inchada). O peeling médio, que chega a atingir a segunda camada da pele, promove a formação de crostas. Após a queda das crostas, a pele pode apresentar uma vermelhidão residual por cerca de 30 dias.

São necessárias várias sessões de tratamento e os resultados são equivalentes aos dos peelings químicos superficiais e médios. O intervalo entre as aplicações variam de acordo com a profundidade atingida. Quando o procedimento é mais superficial pode ser repetido a cada 7 ou 15 dias. Os peelings médios exigem um intervalo de pelo menos 30 dias.

O número de sessões para rugas geralmente é de 5 a 10 sessões e para estrias ou para sequelas de acne são necessárias em torno de 10 a 15 sessões. O procedimento é realizado em consultório, rápido e pouco doloroso, e pode ser feita a aplicação de um anestésico tópico para diminuir o incômodo.

Pessoas com pele de fototipo III ou superior, só devem fazer o peeling superficial, para evitar manchas residuais após o tratamento.

Venha experimentar!

Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário