10 de dez de 2010

Água termal: rica em minerais


É estranho você ir à farmácia e comprar um produto que custa em média R$ 25, mas só tem água na fórmula. Parece o cúmulo do consumismo. Mas a água termal tem sua razão de ser, principalmente no verão. Além de hidratar, ajuda a manter a elasticidade e a maciez da pele.

Esse tipo de produto é bom principalmente para quem tem rosácea, eczemas, psoríase e queimaduras superficiais, pois tem propriedades cicatrizantes.

Quem passa muito tempo em ambientes com ar-condicionado ou acabou de fazer um peeling também vai se beneficiar com essas borrifadas.

A água termal reconstitui a barreira de proteção cutânea, deixando a pele mais saudável e protegida contra agressões como a poluição.

Quem usa cosméticos das francesas Avène, Vichy ou La Roche-Posay já usou água termal sem saber. Essas marcas costumam usar água de fontes termais nas fórmulas de seus produtos.

Há um similar sintético de água termal chamado physiogenyl, usado em géis e cremes manipulados. Trata-se de um complexo oligomineral com sódio, magnésio, zinco e manganês que foi desenvolvido pela Unicamp e é bastante usado nas farmácias de manipulação.

Não quer pagar por esse luxo? Use soro fisiológico. Colocado em um borrifador, ajuda na hidratação sem comprometer o bolso.

O soro tem a concentração ideal de sódio de que a pele precisa. Só fica devendo em minerais para a água termal.

No Brasil, existem fontes de águas termais sobretudo na região de Caldas Novas, em Goiás. Em São Paulo, as mais importantes são as fontes de Águas de São Pedro e de Ibirá.

Mesmo tendo uma boa quantidade de fontes disponíveis, o país tem apenas uma marca de água termal, a Águas de São Pedro, que já envasa e comercializa o seu produto desde 2002. A água termal brasileira é uma das mais alcalinas e sulfurosas do mundo, o que a torna ideal justamente para o tipo de pele que é mais comum no Brasil: a oleosa.

Para sentir os benefícios da água termal, é necessário usar o produto entre duas e três vezes ao dia. Quando a gente transpira, a pele perde sódio, magnésio, enxofre e potássio. Da mesma forma que às vezes o corpo precisa de um isotônico para repôr substâncias, a pele precisa da água termal.

O ideal é usar a água termal antes do filtro solar, pela manhã, no meio do dia, antes de reaplicar o filtro, e antes de dormir. A água termal pode substituir o hidratante, para quem tem pele oleosa. Na praia, o spray é usado antes das reaplicações de filtro solar.

A termal é uma água subterrânea que foi enriquecida por anos pelos minerais das rochas e que retorna à superfície em fontes com temperaturas que vão de 35ºC a 54ºC.
As propriedades variam de acordo com a região e o tipo de rocha pelo qual a água passou. A maior parte tem magnésio, cálcio, ferro e zinco, mas cada marca tem um diferencial.

A La Roche-Posay é rica em selênio, antioxidante. A Vichy tem bicarbonato, que amacia a pele. A Avène tem a composição mineral balanceada.

A Águas de São Pedro tem propriedades anti-oleosidade e antissépticas.

Compre sua água termal e usufrua dos benefícios que os minerais podem trazer à sua pele!

Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário