11 de mar de 2011

Cabelos fortes, macios, brilhantes e saudáveis

Todas nós, mulheres, sabemos identificar aquele momento crítico, em que o cabelo está precisando de um tratamento SOS. Pode ser por estar ressecado, pesado de química, quebrado, caindo muito ou desbotado.

Tratar seus cabelos com bons produtos e bons profissionais é fundamental para que ele seja saudável e bonito.

Em casos de queda de cabelos ou fragilidade intensa dos fios, é indicado que você procure um médico para diagnosticar se a causa não é algum problema de saúde, que pode ser desde uma carência alimentar de vitaminas e minerais até um distúrbio hormonal.

Uma vez diagnosticada a origem do problema, esta deve ser tratada para que o cabelo a partir daí cresça forte e saudável. Se o problema é orgânico, não há produto bom que dê jeito!

Após procurar seu médico para ver se está tudo ok "por dentro", o segundo profissional que poderá auxiliar nos cuidados dos cabelos quimicamente tratados, descoloridos, tingidos, alisados, que passam por processos de alisamento com uso de chapinha e secador frequentemente, é o cabeleireiro. Profissionais especializados, treinados e experientes sabem exatamente o que oferecer aos seu fios para consertar os danos causados por esses processos.

Como todas sabemos existem inúmeras marcas de produtos para cabelos e cada marca tem diversas linhas específicas para cada tipo de problema. Como saber o que usar, o que escolher, qual é melhor para o seu caso? Outra dúvida é se realmente vale a pena pagar mais caro por produtos de linhas vendidas em salões do que comprar marcas vendidas no supermercado. Os produtos de marcas vendidas nos salões chegam a custar mais de 10 vezes o que os outros custam.

As prateleiras dos salões estão fartas de cores, marcas e produtos que prometem verdadeiros milagres para os fios. Mas o grande segredo está em saber qual daqueles potinhos vai resolver o seu problema. De nada adianta pagar mais caro por um produto de uma marca consagrada, se você escolher a linha errada. O primeiro passo é saber o histórico do cabelo, a que tipo de desgastes já foi submetido e com que frequência, e se ele tem ou não química. Assim, é possível identificar dentre as diversas possibilidades de tratamento, um que seja mais adequado a cada caso. O que faz o tratamento ser eficaz é justamente a indicação do produto correto, de acordo com a necessidade do cabelo e, claro, se certificar de que o couro cabeludo tem saúde.

Hoje em dia os fabricantes oferecem treinamentos elaborados e muito eficientes para os profissionais de beleza, o que os torna cada vez mais capacitados para diagnosticar um problema. Por isso é tão importante procurar profissionais bem preparados e experientes.

As mulheres chegam ao salão e quase enlouquecem com tantas possibilidades, mas a garantia de um tratamento eficaz é deixar quem entende do assunto decidir. Por isso ter um cabeleireiro ao qual você seja fiel e confie é importante para que você possa ter certeza de que ele realmente está indicando o que é melhor para o seu caso, e não aquele produto que é mais caro ou que ele ganha comissão para vender.

Ao avaliar seu cabelo ele vai saber se o cabelo precisa de uma reconstrução, isto é, uma injeção de força e saúde no interior do fio, o que significa repôr proteínas, aminoácidos e lipídios e selar com um líquido ácido ou chapinha para retê-los no cabelo. Esses tratamentos, são finalizados com uma máscara que devolve brilho e maciez, e geralmente são indicados para fios desgastados por processos químicos como alisamento, relaxamento, escova definitiva e tintura ou descoloração de muitos anos, que normalmente ficam quebradiços, elásticos e têm perda intensa de algum componente da fibra.

Outro tipo de tratamento são as hidratações e as nutrições capilares. Mais simples e ricas em substâncias nutritivas, como vitamina E e antioxidantes, elas agem na parte externa do fio. Essas técnicas funcionam muito bem nos cabelos que desbotam fácil ou que precisam apenas de ativos reparadores e hidratantes, como os ressecados, os sem brilho e sem vida. É o que ocorre por exemplo após uma temporada de praia e piscina, onde mesmo os cabelos saudáveis sofrem danos externos e acabam precisando de um cuidado extra.

Diante de tantas opções que a indústria oferece, não é fácil escolher, mas os cabeleireiros conhecem e sabem qual marca oferece uma linha específica de um determinado ativo que seria perfeito para seu tipo de problema e qual é a técnica mais adequada para levar essas substâncias para o fio. A queratinização e a selagem térmica, por exemplo, têm basicamente a mesma função. A diferença entre esses tratamentos é que a selagem térmica tem um poder mais disciplinante do fio e a queratinização atua mais no interior da fibra.

Pode-se dizer que 90% das linhas de tratamento usadas nos salões oferecem produtos (shampoo, condicionador, máscara e leave-in) para manutenção em casa, geralmente com os mesmos princípios ativos. As linhas de manutenção em casa, no geral, têm ação complementar ao ritual realizado no salão, onde o profissional de beleza faz um processo mais completo e com uma carga de ativos maior, e a linha de manutenção em casa preserva e mantém por mais tempo o tratamento realizado no salão.

Um tratamento feito em casa com bons produtos não substitui o tratamento de salão – o ideal é que os dois caminhem juntos. Um tratamento eficaz é resultado da soma da performance do produto com o conhecimento do cabeleireiro. No salão de beleza, os profissionais potencializam o efeito dos produtos com técnicas específicas de aplicação, o que faz toda a diferença. O profissional de beleza tem conhecimento e instrumentos adequados que favorecem a penetração dos produtos no fio e isso não se consegue fazer em casa.

Mas de nada adianta submeter-se a esses processos no salão e não manter cuidados em casa como o uso de um leave-in ou uma máscara hidratante a cada 15 dias pelo menos. O tratamento de casa é muito importante para ter um cabelo saudável. Lave com um shampoo e condicionador indicados pelo seu cabeleireiro e aplique um leave-in que fica agindo no cabelo até a próxima lavagem. Tenha uma máscara hidratante de boa qualidade para usar a cada 15 dias e habitue-se a dividir o cabelo em 4 ou 5 mechas e massagear do comprimento às pontas por um minuto cada mecha, com a máscara. Essa massagem já aumenta a capacidade de penetração do produto consideravelmente e lustra a cutícula ativando o brilho do cabelo. O problema é que na correria que a gente vive, nenhuma mulher tem essa paciência, não é? Mas aquelas com os fios longos e brilhantes que você inveja na rua fazem isso, pode ter certeza!

Utilizar a quantidade certa dos produtos, aplicá-los corretamente nos fios e enxaguar bem para não deixar resíduos são outros segredos que aumentam a eficácia dos cosméticos de manutenção em casa. Deve-se se possível, usar shampoo, condicionador e leave-in diariamente. Já a máscara nutritiva ou hidratante deve ser usada a cada 10 ou 15 dias, dependendo da necessidade do fio.

Impossível falar de tratamentos sem mencionar o queridinho do momento: o Morrocan Oil (Óleo do Marrocos), onde o nome é o principal ativo do produto e a marca. Trata-se de uma linha americana de cosméticos para cabelos (com tratamento profissional e linha de manutenção em casa) à base de óleo de Argan – derivado da planta Argania Spinosa, típica de Marrocos e Israel, que tem um poder de hidratação intenso, deixando os cabelos macios, brilhantes e hidratados, tanto que ficou conhecido entre os experts de beleza como “óleo de ouro”.

O cabeleireiro Marco Antonio de Biaggi, do salão MG Hair Design (São Paulo) diz que costuma chamá-lo de "Ouro líquido de Marrakesh". Ele diz que nunca tinha visto ação hidratante como a do Morrocan Oil.

Apesar de ter sido lançado nos Estados Unidos há quase um ano e meio, só agora ficou badalado, por conta de depoimentos entusiasmados de celebridades como Lady Gaga, Angelina Jolie, Madonna, Jeniffer Aniston e Cindy Crawford, entre outras, que usaram recentemente e ficaram apaixonadas por seu efeito.

Por aqui, algumas famosas como Adriane Galisteu, Daniela Sarahyba e Carolina Dieckman já experimentaram e garantem que é o máximo.

Mas o que permite tamanha proeza? O óleo de Argan contém altos níveis de ácidos graxos essenciais, como o ácido linolênico, que é extremamente emoliente, e também antioxidantes biológicos, o que favorece o seu poder de hidratar e nutrir os cabelos.

O óleo de Argan pode ser utilizado com fins culinários (as sementes são tostadas, o que confere ao óleo coloração amarelo escura) ou cosméticas (cor amarelo clara e praticamente inodoro).

Composição do óleo (riquíssimo em ácidos graxos e vitamina E):

- Ômega 9 (ácido oléico): 45%
- Ômega 6 (ácido linoléico): 35%
- Carotenos: 300mg/100g
- Esteróis: 160mg/100g
- Tocoferóis (vitamina E): 62mg/100mg
- Polifenóis (principalmente ácido ferúlico): 5,6mg/100mg
- Esqualeno: 0,3%

É considerado um superalimento da cabeça aos pés. Deve ser utilizado preferencialmente in natura. Apesar de ser um óleo, não é oleoso e é rapidamente absorvido.

Benefícios para os cabelos:

- Antioxidante (efeito anti-aging)
- Hidratante
- Anti-frizz
- Selamento da cutículas e brilho
- Efeito anti-pontas duplas
- Estimula a circulação do couro cabeludo (estimula o crescimento dos fios)
- Efeito antiinflamatório do couro cabeludo (contra eczemas e dermatite seborréica)
- Proteção contra os danos das radiações UV
- Proteção térmica aos fios (contra o calor do secador e chapinhas)


Alguns produtos comercializados que possuem na composição o Óleo de Argan:

- Liss Ultime (L'Óreal)
- Liss Intense Extreme (Elsève)
- Moroccanoil: marca usada por Adriane Galisteu, Carolina Dickman, Luiza Brunet, no salão de Marco Antônio de Biaggi (ainda não vendida no Brasil, pode ser comprada no exterior)
- Gliss Oil Nutritive – Schwarzkopf
- Superbly Restorative Argan Dry Oil – Kiehl's
- Inoar Argan Oil System


Sites que vendem o óleo puro:

- Argan Oils: http://www.arganoils.com/contact_argan.html
- Argan Oil Tree: http://arganoiltree.com/?i=USD


Cuide bem de seus cabelos em casa e tenha sempre um profissional de confiança para acompanhá-la e indicar quais os melhores produtos pra você. Lembre-se que de nada adianta bons cremes e produtos, se por dentro, seu organismo não estiver bem nutrido com as vitaminas e minerais necessários para que seus cabelos cresçam fortes e saudáveis!

Se você não ingere frutas, legumes e verduras frequentemente deve procurar um médico para que ele lhe prescreva um complexo de vitaminas e minerais essenciais para repôr aquilo que você não está obtendo com a alimentação. Não tome esses produtos por conta própria, pois o excesso de vitaminas e minerais pode fazer mais mal do que bem.


Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário