10 de abr de 2011

Homens X Botox

Mulheres se preocupam com a vaidade e fazem de tudo para parecerem mais jovens. De corte de cabelos a tratamentos estéticos, nós buscamos todas as maneiras de ficar mais lindas.

E os homens? Será que o sexo masculino se preocupa com a beleza e a idade do mesmo modo que nós? Por incrível que pareça, eles querem sim, manter uma boa aparência e por isso muitos pintam o cabelo, malham horas na academia, depilam-se e até mesmo se submetem a tratamentos para acabar com as rugas ou tratamentos corporais para melhorar a silhueta.


A Toxina botulinica (mais conhecida como Botox, o nome comercial de um dos tipos existentes) pode ser uma saída para se livrar das marcas de expressão. E os homens estão descobrindo o quanto isso pode ser bom. Uma pesquisa feita pela Allergan (fabricante do Botox) com alguns especialistas em dermatologia ou medicina estética, mostra que a presença dos homens nos consultórios passou de 10% para 30% nos últimos cinco anos.

Mas por que será que eles estão se preocupando cada vez mais com a vaidade? Antigamente, existia um tabu que hoje foi quebrado. As mulheres eram as únicas que precisavam se cuidar, deviam estar sempre bonitas e impecáveis enquanto os homens eram relaxados. Mas atualmente o sexo masculino percebeu que vale a pena ficar mais bonito, conservar-se, mostrar preocupação com a aparência. A faixa etária dos pacientes homens que começam a buscar tratamentos de beleza varia entre 35 e 70 anos.

A vergonha acabou para eles e até as mulheres os incentivam a melhorarem a aparência e preocuparem-se com a estética. Os homens também querem suavizar a expressão para rejuvenescer, sem precisarem passar pela faca. Descobriram como vale a pena tirar aquela cara sizuda, aquele olhar cansado e as marcas de preocupação da testa. Muitos dizem que suavizar a expressão facial interferiu até nas relações de trabalho e negócios, ajudando no relacionamento com clientes e funcionários. Sabe aquela sua ruga de preocupação entre as sombrancelhas? Isso denuncia quando você esté desconfiado, desconfortável ou estressado.

Como esse procedimento (aplicação da toxina botulínica) não é cirúrgico, os pacientes procuram muito, pois não têm que se afastar do trabalho para se recuperar e ninguém precisa saber que ele fez, se ele não quiser.

Mas mesmo buscando esse rejuvenescimento, existem algumas diferenças nas aplicações feitas em ambos os sexos. Apesar de terem uma musculatura bem forte, a quantidade de botox utilizada nos homens tende a ser menor, pois eles preferem um aspecto mais natural. Nada congelado, nada agressivo. Na verdade, até nas mulheres, esse é o efeito que deve ser buscado sempre! Ninguém merece aquelas caras de estátua. Uma dose bem moderada para não mudar muito as expressões é o ideal. Às vezes nem a esposa fica sabendo que o marido fez.

Aqui, mais do que no caso das mulheres, além de competência, capacitação e confiança no profissional que fará o procedimento, os homens buscam discrição. Muitos preferem agendar horários onde não há movimento no consultório, não querem ser vistos porque sabem que muitas vezes serão mal interpretados ou ouvirão piadinhas. Infelizmente ainda há muita ignorância das pessoas nesse sentido.

Entre os locais onde podem ser feitas as aplicações, o espaço entre as sobrancelhas é o lugar mais desejado para as mudanças. Acho que os homens realmente franzem muito a testa com a expressão de bravo, que geralmente nós mulheres provocamos neles, e isso deixa o local mais enrugado. Em segundo lugar, devido ao nariz grande, muitos querem levantar a ponta.


Para começar a aparecer o efeito da toxina (suavização das linhas de expressão) é preciso esperar entre 3 e 4 dias após a sessão do Botox. Em pouco tempo, você percebe a diferença. O ideal é fazer a cada seis meses uma nova aplicação para manter o efeito. Menos tempo que isso não é indicado, pois aplicações frequêntes em intervalo de tempo curto (menos de seis meses) pode induzir redução no efeito.

Precisamos lembrar que o homem hoje em dia não tem mais que ser um ogro relaxado. As mulheres preferem aqueles se cuidam e que pareçam mais jovens. Afinal, cuidar da beleza é uma maneira de cuidar da saúde. Demonstra asseio, auto-estima e confiança. Muitos machistas de plantão, acham que isso é coisa de "viado" e vão sendo passados pra trás pelos bonitões com uma barba bem desenhada, um corte de cabelo moderno, pele lisa, corpo em forma...ai ai...

Claro que é preciso ter equilíbrio, pois há uma linha muito tênue entre se cuidar e exagerar. Um homem, assim como uma mulher, que exagera nos tratamentos estéticos passa de bonito e bem cuidado à artificial e deformado.

Homens, por favor, cuidem-se e fiquem mais bonitos pra gente! Nós adoramos!

Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário