24 de ago de 2011

Adapaleno: sua pele mais bonita, jovem e sem acne

O adapaleno é uma molécula derivada do ácido naftóico, com propriedades biológicas similares às do ácido retinóico.

O Adapaleno foi aprovado em 1996 pela Administração de Alimentos e Drogas dos E.U.A. para o tratamento da acne.

Por controlar a proliferação e diferenciação celular, deixa a pele mais fina, menos áspera, mais lisa e viçosa, e mais clara. Também auxilia na prevenção de rugas e flacidez, dando mais firmeza a pele com o uso contínuo. Por promover essa menor proliferação da pele, ele previne e elimina comedões (cravos e espinhas). Ele apresenta eficiente atividade antiinflamatória na acne.

Essa substância é muito eficaz no tratamento tópico da acne, sendo que tem se mostrado mais eficiente quando usada concomitantemente com a clindamicina (antibiótico tópico). A aplicação de adapaleno gel na pele, de 2 a 5 minutos antes da aplicação da clindamicina, aumenta a eficácia do tratamento se comparada com a clindamicina sozinha.

Por promover a renovação celular da pele, de forma menos agressiva que o ácido retinóico é mais bem tolerado, causando menos irritação da pele.

Deve ser aplicado uma vez ao dia (antes de dormir). Em algumas circunstâncias, quando o paciente apresenta irritação da pele, a aplicação pode ser feita em dias alternados até que a irritação cesse, ou seja, até pele se acostumar com ele.

No Brasil, o Adapaleno está disponível sob o nome comercial de Differin, Adacne Clin 0,1% e Epiduo (que contém Peróxido de Benzoíla 2,5% e Adapaleno 0,1%). Também pode ser encontrado em farmácias e drogarias com o próprio nome da droga (adapaleno) em sua forma genérica, em creme ou gel, tendo assim um menor preço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário