17 de ago de 2011

Sérum: gotas preciosas para a sua pele

Conforme mais "madura" fica a pele da mulher, ela vai tendo necessidades diferentes. A partir dos 30 anos, é o momento de começar a utilizar um sérum, que garante cuidados mais profundos e específicos que o creme hidratante do dia a dia.

Aos 30 anos ainda não é o momento de tratamentos anti-idade muito drásticos, é o momento de se aprofundar nos cuidados com manchinhas, pequenas marcas de expressão e flacidez leve que vamos ganhando com o passar do tempo. Para lutar contra eles, chega a hora de usar um serúm diário para completar o efeito do seu creme hidratante.

Mas o que é sérum?

Este produto se caracteriza por sua textura leve (sérum significa soro), nada gordurosa e de absorção instantânea. Como sua função não é hidratar, é imprescindível aplicar o creme hidratante habitual depois. O sérum tem altíssima concentração de substâncias que atuam em camadas mais profundas da pele.

Quais substâncias serão indicadas para você, vai depender das necessidades da sua pele. Hoje em dia, tem séruns para todo tipo de pele, ainda que a maioria presente nas prateleiras tenha propriedades anti-idade. Ele pode conter ativos que servem para preencher rugas, para firmar a pele, estimular a regeneração, clarear manchas ou antioxidantes.

O uso deve ser diário, pela manhã e à noite, antes do creme hidratante. Alguns podem ser usados sozinhos, mas poucos hidratam o suficiente para aguentar o dia todo. Ele também não tem fator de proteção solar. Por isso, a recomendação é que você o aplique como complemento antes de sua hidratação diária e noturna e mantenha o uso de um protetor solar de dia.


Qual a diferença entre o sérum e o creme hidratante?

• Mesmo que alguns séruns sejam específicos para hidratação, não costumam hidratar o suficiente. Ou seja, o sérum não substitui o hidratante.
• Os séruns têm uma concentração de ativos muito mais alta que o creme.
• A textura do sérum é mais fresca e leve, é rapidamente absorvido e não deixa aquela sensação de pele gordurosa.
• A maioria dos séruns não tem fragrância.
• Os séruns vêm com um dosificador que nos assegura a quantidade adequada. É fácil de espalhar e poucas gotas são suficientes para o rosto e pescoço todo.
• A aplicação do sérum costuma ser mais fácil já que é absorvido rapidamente, basta passar uma vez com os dedos, não precisa ficar espalhando.


A partir dos 30 anos a pele já começa a refletir os sinais do tempo, o que torna necessário um tratamento mais profundo como o que o sérum pode oferecer. Alguns sinais notáveis são a perda de firmeza, as primeiras rugas e manchas, por isso o uso de somente um creme hidratante já começa a ser pouco. Um sérum adequado para o seu problema será uma excelente ajuda no tratamento anti-idade ou pelo menos, para evitar que os sinais não avancem tão rapidamente.

Nada faz milagre, mas os séruns ajudam, e muito! Tudo depende da frequência de uso (disciplina), uso concomitante de outros produtos para limpeza e hidratação e da escolha de um sérum que se adapte às necessidades específicas de cada pele. Existem séruns também específicos para a área dos olhos.

Procure um médico para fazer sua avaliação e prescrever quais ativos são indicados para a sua pele.


Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário