18 de set de 2011

Coma pistache e derrube o colesterol!

Pesquisa feita pela Universidade do Estado da Pensilvânia, nos EUA, provou que o consumo diário dessa oleaginosa faz muito bem à saúde cardíaca.

A ação ocorre em duas frentes de batalha: causa a redução do mau colesterol (LDL) e age contra radicais livres devido ao seu alto poder antioxidante. O coração também é fortalecido por causa dos fitoesteróis, substâncias presentes aos montes no pistache, que reduzem o colesterol ruim e evitam assim, o entupimento dos vasos sangüíneos.

Para chegar a tal conclusão, os cientistas acrescentaram a oleaginosa à dieta de homens e mulheres por quatro semanas. Com uma pequena quantidade houve inúmeros benefícios à saúde cardíaca.

No estudo americano, os participantes consumiram ao menos 42 gramas diários de pistache, o que equivale a 3 colheres de sopa. Essa quantidade pode ser ingerida ao natural, ou entrar na composição de pratos salgados e doces.

Uma receita que você pode experimentar é a do molho pesto feito com pistache:

Ingredientes:
- 1 xícara de manjericão
- 1/3 de xícara de queijo parmesão ralado
- 1 dente de alho amassado
- ¼ de xícara de pistaches sem casca e picados
- ¼ de xícara de azeite de oliva
- uma pitada de sal
- uma pitada de pimenta do reino branca moída

Preparo:
Coloque as folhas de manjericão, o queijo, o alho, os pistaches e a pimenta do reino em um processador e bata até formar uma mistura homogênea. Depois misture os outros ingredientes e jogue sobre a massa.

Um outro proveito para esse molho é misturá-lo com requeijão light ou cream-cheese light e assim você tem um patê delicioso pra servir de entrada junto com palitinhos de cenoura crus ou torradinhas light.

O pistache contém betacaroteno, vitamina E e luteína, que lhe conferem um dos maiores potenciais antioxidantes entre as oleaginosas.

Outras oleaginosas benéficas são a castanha de caju, que contém bastante gordura monoinsaturada, que reduz o colesterol ruim – LDL, e protege o coração; a amêndoa é campeã de vitamina E, tendo grande ação antioxidante e a castanha do pará possui selênio, um mineral que participa da formação dos hormônios da tireóide.

Claro que tem que comer com moderação, como tudo, o pistache tem calorias e em excesso engorda, fazendo mais mal do que bem.

Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário