23 de nov de 2011

Alimentos que turbinam a dieta!

Acabando com o inchaço

Pepino: o vegetal funciona como um diurético natural. Ajuda a eliminar impurezas e previne contra inchaços resultantes da retenção de líquidos. A opção pode ser um pepino médio sem casca como salada ou acrescentá-lo ao suco de alguma fruta. Passado na centrífuga, torna-se uma ótima opção para quem não é muito fã do sabor do pepino.

Melancia: além de provocar uma sensação de saciedade, a quantidade de frutose existente na fruta reduz a loucura por doces e carboidratos. A melancia também auxilia na eliminação de líquidos, reduz o inchaço e contribui para o bom funcionamento dos rins.

Berinjela: grande aliada das dietas, a berinjela está presente em vários cardápios para a perda de peso. Poderosa na redução do colesterol, ainda é capaz de diminuir a ação das gorduras sobre o fígado, desobstruindo as vias biliares. Seu suco é usado no tratamento de inflamações dos rins, bexiga e uretra por ter ação diurética.

Vamos acelerar a queima de gorduras

Pimenta-vermelha: o tempero causa elevação da temperatura do organismo, o que impulsiona o metabolismo, aumentando a queima de gorduras. Um estudo do Instituto Politécnico de Oxford (EUA) indicou que a pimenta consegue acelerar em até 20% o metabolismo. Mas não abuse, já que em excesso ela pode agredir as mucosas do corpo.

Gengibre: pesquisa concluída na China apontou que basta um pequeno pedaço da raiz (cerca de 2 cm) por dia para que o metabolismo acelere em cerca de 20% quando o seu consumo é frequente. Pode ser consumido cru, refogado ou como chá. Outra opção refrescante é acrescentá-lo a sucos como o de laranja, maçã ou qualquer outra fruta.

Chá Verde: o chá é famoso por acelerar o metabolismo. Além dessa propriedade, é capaz de reduzir a absorção de açúcar no sangue, inibindo a ação da amilase (enzima responsável pela digestão dos carboidratos), além de colaborar no funcionamento do intestino. Dizem que esse chá é um dos segredos da longevidade dos japoneses, que o tomam diariamente após as refeições.

Feijão branco: este é o queridinho do momento para quem está de dieta! O feijão branco deve seu poder à ação da faseolamina, enzima que possui a função de retardar a digestão dos carboidratos, diminuindo, assim, a absorção do nutriente. Atenção: ele é eficaz na forma de farinha e cru. A opção é ralar, triturar e consumir uma colher de café 30 minutos antes das refeições.

Reduzir o apetite

Aveia: como é capaz de prolongar a sensação de saciedade, a aveia ajuda no controle da fome. De quebra, tem leve ação diurética e desintoxicante, além de aliviar o stress. Consumindo de 1 a 2 colheres de sopa do cereal, diariamente, já é possível sentir seus efeitos.

Maçã: um ícone das dietas, a maçã realmente faz a diferença para quem quer emagrecer. Essa fruta consegue reduzir o apetite graças à ação das suas fibras solúveis e não solúveis, inclusive a pectina, que ainda pode bloquear a absorção das gorduras.

Mamão: a papaína é o grande trunfo da fruta. Auxilia na digestão de alimentos gordurosos e, aliado à grande quantidade de fibras, o mamão consegue afastar a fome por um bom tempo!

A toda poderosa Água: Essencial para a vida, a água hidrata, desintoxica, combate o inchaço e, gelada, funciona como um termogênico, ou seja, acelera a queima de gorduras. E tem mais: muitas vezes o cérebro confunde sede com fome, e comemos quando, na verdade, precisamos é de água. Dieta, sem ela, não funciona!

Lembre-se sempre: esses alimentos funcionam como uma boa ajuda, mas não fazem o trabalho sozinhos. De nada adianta incluí-los na dieta e não reduzir quantidades de alimentos calóricos. Ah, e não se esqueça de praticar exercícios, hein!

Dra. Pâmela Rosa Pereira

Um comentário: