22 de nov de 2011

Amaranto: a proteína do momento

O amaranto é conhecido em vários países há muito tempo, porém, aqui no Brasil não faz muito tempo que começamos a escutar falar sobre esse grão.

Ele é altamente nutritivo com teor de proteínas altamente elevado se comparado à maioria dos cereais. Possui um excelente perfil de aminoácidos com destaque para a lisina. Também é rico em ácidos graxos poliinsaturados (ômega 6 e 3) e é rico em fibras, zinco, ferro, magnésio, manganês, selênio, fósforo e cálcio.

Sua importância não é o fato de ser rico em proteínas e sim a qualidade das proteínas que ele possui, sendo comparável às principais proteínas consumidas na alimentação, mesmo as de origem animal, tornando-o um alimento completo para pessoas de todas as idades, incluindo crianças e idosos, e excelente para vegetarianos.

As fibras são um nutriente muito importante presente no amaranto que têm como principal função garantir o bom funcionamento intestinal, tendo importante papel na eliminação de toxinas. Apesar de todos os benefícios que todos sabem que as fibras trazem, elas ainda são pouco consumidas devido ao grande consumo de produtos industrializados.

Por isso a inclusão de alimentos integrais e naturais como o amaranto em flocos integral, nos hábitos halimentares pode auxiliar muito a dieta.

Outra característica importante do amaranto é a ausência de glúten, sendo uma boa opção para os portadores de doença celíaca. A estimativa é que existam, no Brasil cerca de 3 milhões de pessoas portadoras de doença celíaca, e elas podem conseguir no amaranto, uma alternativa para a dieta. O consumo de amaranto e outros cereais sem glútem, além de ser de fácil digestão, permite uma desintoxicação e limpeza do organismo, aumentando ainda mais sua eficácia com o passar do tempo.

Estudos recentes mostram que ele também reduz o mau colesterol.

Atualmente é comercializado em flocos naturais, semelhante aos flocos da aveia, pode ser consumido com frutas e iogurte, como ingrediente para preparação de pães, bolos, doces, sopas, vitaminas e também pode ser consumido como pipoca. A cada dia vem sendo pesquisado seu emprego como matéria-prima em alimentos consumidos habitualmente pela população.

Uma dica é usá-lo nas saladas e também em receitas substituindo o trigo. Use a criatividade e enriqueça a sua dieta com essa maravilhosa fonte de minerais e proteínas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário