21 de nov de 2011

Vaidade masculina

Os homens já chegam a ser 35% dos pacientes em consultórios de dermatologistas e cirurgiões plásticos.

Um homem vaidoso é cuidadoso com a aparência, exigente quanto às roupas, tem prazer em comprar roupas para si próprio, corta o cabelo sempre com a mesma pessoa, não toma sol em exagero e preocupa-se com a saúde, muitos usam cremes de maneira objetiva, poucos produtos, mas eficientes.

Estes homens costumam brilhar socialmente, sua auto-estima é alta com ótimo conceito de si próprios, geralmente bem sucedidos, seja qual for a faixa econômica.

Há cerca de 20 anos, quando o sucesso profissional passou a ser uma verdadeira bandeira, a aparência aumentou de importância, justamente por motivos ligados à carreira. Não bastava SER bem sucedido, era necessário PARECER bem sucedido, para ser competitivo no mercado de trabalho. Progressivamente foi-se encarando com naturalidade que homens recorressem aos aos cremes, às cirurgias plásticas, aos transplantes de cabelo, até chegarmos ao laser de depilação, `toxina botulínica e preenchimentos.

Os homens já chegam a ser 35 % nos consultórios de dermatologistas e cirurgiões plásticos, numa estatística crescente!

Nos grandes centros, os homens já não se acanham de assumir sua vaidade , já que a própria mídia tratou de divulgar tratamentos. Certas coisas ainda podem ser olhadas com desconfiança entre os homens. O exagero, a obsessão com a própria figura, prender-se demais a pequenos detalhes não é definitivamente uma característica masculina. Mas o constrangimento do passado deu lugar a uma atitude cada vez mais natural em busca da manutenção e melhora da aparência, o que é perfeitamente justo!

Veja as diferenças:

- A pele do homem é mais oleosa , mais grossa e resistente.

- São mais propensos à perda dos cabelos , às espinhas e poros dilatados.

- Em compensação, eles são menos vulneráveis ao ressecamento e às rugas finas .Mudam muito dos 20 aos 40 mas, depois, seu envelhecimento é bem mais lento do que as mulheres, pois não sofrem as perdas hormonais como elas.

- A musculatura da face é mais forte, a testa é mais vincada desde os 25 anos, por isso, o efeito da toxina botulínica, é mais discreto neles.

- Os homens não tem paciência para tratamentos longos e complicados, querem resultados rápidos e objetivos. Detestam ter que usar vários produtos, não suportam cremes gordurosos, sendo necessário prescrever um esquema prático para eles.

- São ótimos pacientes de dermatologistas e cirurgiões plásticos, pois são fiéis ao médico, não são influenciáveis por palpites e opiniões alheias ou por publicidade, procuram o que é melhor, não saltam de uma terapêutica para outra, de acordo com a moda, ao contrário das volúveis e impressionáveis mulheres …(confessemos!)

- O fato é que os homens filtram as informações científicas, raramente sucumbindo à propaganda enganosa!

O Brasil é o segundo país do mundo em procedimentos estéticos, um grande nicho de mercado. Os homens constituem alvo crescente de campanhas publicitárias, muitas linhas tem sido criadas especialmente para eles. Quem conseguir agradá-los, pode ter certeza de um consumidor fiel por muito tempo…

(por Ligia Kogos em 19/07/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário