16 de nov de 2011

Veja os maiores erros cometidos na hora de se exercitar

1) Se exercitar só aos fins de semana

Jogar bola no fim de semana e dar aquela corridinha depois de uma semana toda de ócio parecem atividades inofensivas. Entretanto, o índice de lesão entre os praticantes de atividade só aos fins de semana é grande, pois não há preparo cardiovascular suficiente.

É recomendado que, se a pessoa não costuma praticar atividade física, começe aos poucos, duas vezes por semana. Depois, aumente para três vezes por semana e alterne os dias. Quando sentir que o seu condicionamento físico melhorou, pode praticar todos os dias alternando treino aeróbio com anaeróbio - sem exagerar no tempo que não deve ultrapassar uma hora. Outra dica: para aqueles que já estão acostumados a treinar e também para os iniciantes, monitorar o treino pode ajudar na evolução e evitar a desistência.


2) Fazer só dez minutos de aeróbica

Muitas pessoas acham que pouco tempo de atividade aeróbica já faz efeito e acabam fazendo apenas dez minutinhos do exercício como aquecimento. O recomendado é realizar o trabalho numa intensidade de 65 a 75% da frequência cardíaca máxima no mínimo por 30 minutos. É importante ressaltar a diferença que faz manter uma dieta balanceada, porque, se a ingestão for maior que o gasto, não há como emagrecer.


3) Achar que isotônicos substituem a água

Os isotônicos, como o Gatorade, repõem os eletrólitos (sódio, potássio) e devem ser consumidos por atletas que têm grandes perdas de água, principalmente quando a atividade envolve corridas ao ar livre no calor de 30 ºC a 35 ºC. O ideal para o restante das pessoas que fazem exercícios é beber só água antes, durante e depois da atividade física para melhorar a hidratação e o desempenho.


4) Esquecer a diversão, realizando a atividade de forma monótona e sem prazer

Curtir a prática de atividade física é essencial. Quando o treino se torna chato, a pessoa fica sem estímulo para continuar e acaba desistindo. É muito importante fazer algo que te dê prazer para conseguir encarar o treino com disposição e animação, alcançando mais rapidamente os resultados. Atividades em grupo com amigos ou familiares são boas alternativas para mexer o corpo.


5) Ler durante o exercício e não prestar atenção no que está fazendo

Se você é daqueles que resolve deixar a leitura em dia na academia com livros e revistas, saiba que isso pode fazer o seu treino não evoluir, pois é necessário ter concentração na hora de praticar atividades para não comprometer a evolução pessoal. O exercício aeróbico só surte efeito se houver uma respiração concentrada. Quem não foca, acaba não alcançando o pico de trabalho cardíaco (patamar esperado do desempenho aeróbico).


6) Não respeitar a sua condição física

Um dos maiores erros dos que estão iniciando a atividade física é querer resultados rápidos e se esforçar além do que podem para atingi-los. O resultado nunca vem depressa, por isso, não adianta ficar quatro horas seguidas na academia e não conseguir manter o treino.

Não respeitar a própria condição física pode acarretar lesões. É preciso fazer uma avaliação, pois cada pessoa consegue ter um empenho diferente na ginástica. Os iniciantes devem seguir um programa de treinamento adequado, juntamente com uma alimentação saudável e uma hidratação eficiente.


7)Respiração inadequada

Um dos processos naturais do corpo humano que mais consome energia é a respiração. Durante a prática de atividade física é fundamental lembrar de respirar adequadamente, assim como de inspirar e expirar em sincronia com o esforço muscular.


8)Uso de roupas e acessórios inapropriados

Para que objetivos possam ser alcançados é fundamental que o corpo se mantenha em condições de praticar a atividade escolhida de forma prazerosa. Bolhas, calos, assaduras ou até danos mais graves podem afastar você de sua prática e, consequentemente, do seu objetivo. Usar roupas e acessórios adequados é um cuidado necessário para qualquer atividade física.


9)Ausência da orientação de um profissional

A presença de um profissional pode não só evitar leões mas, principalmente, evitar que você caia em armadilhas e realize esforços além da medida ou desnecessariamente.


10) Ignorar os alertas do corpo

Além de estar 100% consciente durante a prática, procure por sinais durante e depois de cada grupo de exercícios. Pergunte para o seu corpo como ele se sente, cansado ou revigorado. Não ignore dores, tonturas, contrações involuntárias ou desconfortos físicos. Preste atenção ao ritmo da sua respiração, pois ela pode sempre servir de indicativo se algo não está bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário