1 de dez de 2011

Gorduras fazem bem!

Precisamos consumir ao menos um pouco de gordura. A gordura é digerida ainda mais devagar que a proteína, e quando a incluímos nas refeições, não sentimos fome logo 2 horas depois de comer (como acontece quando comemos só carboidratos refinados). A gordura ajuda a evitar que comecemos a beliscar e comer muito. Ela, assim como a proteína, tem capacidade de ampliar os efeitos de elevação da energia e aceleração metabólica dos carboidratos.

Como a proteína, comer gordura demais em uma só refeição, é contraproducente. Deixa o organismo letárgico. As gorduras animais, como a manteiga e a gordura das carnes, são chamadas gorduras "inimigas". Já as nozes, azeite e abacate, são as gorduras "amigas".

Um fator fundamental para acelerar o metabolismo é sempre ingerir uma porção de grãos de carboidrato com um pouco de gordura ou proteína.



As gorduras "amigas" são:

- abacate
- amêndoas
- castanha-do-pará
- castanha-de-caju
- avelãs
- macadâmias
- linhaça
- amendoim
- nozes
- pinhões
- pistache
- semente de abóbora
- gergelim
- sementes de girassol
- tahini (pasta de gergelim)
- óleos de canola, milho, amendoim, soja, cártamo, algodão, girassol
- azeite de oliva
- maionese (light)
- azeitona

As gorduras ditas "inimigas" são:

- manteiga
- chantilly
- bacon
- margarina
- gordura de carne (bovina, ave, suína, etc)
- gordura vegetal
- banha
- coco
- requeijão
- queijo catupiry
- maionese comum
- molhos cremosos

Opte pelas gorduras "amigas" na maioria das vezes, combine-as com os carboidratos "sempre" (ver post anterior) e acelere seu metabolismo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário