3 de dez de 2011

O risco do uso excessivo do salto alto

Os saltos...Apesar da elegante aparência, esse tipo de calçado pode causar sérios danos nos pés, coluna e joelhos. O salto alto pode ser um vilão para a saúde da mulher. O uso contínuo desse tipo de sapato acarreta inúmeros problemas na coluna, joelhos, e pés.




O comprometimento mais comum é o encurtamento do tendão de aquiles - tecido que conecta o osso do calcanhar e o músculo da panturrilha. Com o salto alto os dedos são forçados, pois o peso do corpo fica concentrado neles tirando a total participação do calcanhar, o que gera mais desconforto e problemas, principalmente dores na região anterior do pé.




A 'tendinite de aquiles ou de calcâneo' intensifica a presença de dor na parte de trás da perna, praticamente imobilizando a paciente por um período que pode levar de alguns minutos até dias. A dor indica inflamação desse que é o tendão mais potente do corpo humano.




O pé funciona como uma alavanca impulsionada pelos dedos, que precisam de espaço para se movimentar e garantir a troca de passos. Mas, quando estão apertados dentro dos sapatos, perdem a força de arranque e favorecem a pressão inadequada e a formação de calosidades. Além disso, há mudança do centro de gravidade do corpo, com projeção anterior, e consequente sobrecarga da região anterior da patela, coluna e dedos do pé... Aí, a consequência desta má distribuição de peso corporal todo mundo conhece: Artrose.




Problemas mais comuns decorrentes do uso do salto:


- Encurtamento do tendão de aquiles;


- Calos nos dedos;


- Tendinites;


- Má circulação - o que ocasiona varizes;


- Dor na região da frente do pé


- Desgaste articular precoce




Já que somos "mulherzinhas", e adoramos DEMAIS nossos saltos e nossas pernas de saltos realçam nossos belos músculos esculpidos no pilates, na plataforma vibratória, seguem sugestões para minimizar os danos:


- Alternar a altura do salto;


- Preferir os saltos plataformas;


- Após o uso do salto, massagear os pés;


- Alongar a panturrilha e parte posterior da perna (isquiotibiais) ;


- Para longas distâncias prefira os saltos baixos ou o uso de tênis




Dra. Pâmela Rosa Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário