30/09/2011

DICA da DUE:


Quem tem tendência a obesidade e quer ser magro, está lutando contra a sua natureza.

É quase como quem tem cabelos pretos e quer deixá-los loiros. Tem que pintar os cabelos periodicamente não é mesmo?

Pois quem tem problemas de peso e quer ficar magro, ou quem emagreceu e quer manter-se magro, tem que lembrar em TODA refeição, que se der mole, a sua natureza volta a se manifestar.

Obesidade é uma doença crônica. Você nunca deixará de ter tendência à ela. É preciso ter uma vigilância constante.

O lema tem que ser: uma refeição de cada vez!!! Não deixe pra comer menos ou melhor na próxima refeição, se você pode escolher fazê-lo nessa.

Dica da DUE


Para prevenir os danos causados pelos raios UV, como o aparecimento de manchas e rugas, um produto super legal é o Innéov Solar.

O nutricosmético é o primeiro preparador nutricional com o ativo natural patenteado Skin-Probiotic®, que reforça as defesas da pele alteradas pelos raios UV e ajuda a acelerar a regeneração cutânea, tornando-a duas vezes mais rápida!

O Innéov Solar tem em sua composição Licopeno, um poderoso antioxidante e protetor celular; e beta-caroteno, antioxidante que minimiza a vermelhidão causada pela exposição ao sol e intensifica o bronzeado.

Com apenas uma cápsula ao dia é possível conservar o bronzeado e deixar a pele mais saudável e luminosa.

O tratamento deve ser durante todo o verão, que é o período de maior exposição solar. Pode ser usado de maneira contínua.

Experimente!

29/09/2011

Dica da DUE: Michael Kors Leg-Shine


Esse produto é um roll-on, tipo uma cera com um leve brilho, que hidrata e deixa a pele bonita, brilhante e sedosa. Perfeito para passar nas pernas quando você quer usar aquela saia ou shorts e deixar as pernas lindas!!

Nós usamos e aprovamos!! Experimente!

28/09/2011

Ela faz e indica:

Carolina Dieckman é praticante de Pilates!

Olha o corpão da menina:



Invejou? Vem pra DUE!!!

Victoza: a nova esperança para emagrecer

O Victoza (Liraglutide) é o remédio do momento. Após aparecer na capa da Revista Veja como a nova promessa emagrecedora do momento, virou uma celebridade!!! Todos perguntam e querem saber mais sobre essa novidade...então aí vão alguns esclarecimentos: R$ 350 – 400,00

Essa medicação já é vendida nos Estados Unidos desde 2009, e chegou recentemente às prateleiras do Brasil. Seus estudos envolveram apenas pacientes com diabetes, e nestes, o resultado é muito bom. O medicamento é um análogo (ou seja, tem a mesma ação) de um hormônio produzido pelo nosso organismo, o GLP-1. Assim, o Liraglutide tem a capacidade de estimular a secreção de insulina pelo pâncreas após a refeição, fazendo com que a glicemia caia, permitindo um melhor controle glicêmico nos diabéticos.

A grande vantagem é que ele age também retardando o esvaziamento gástrico, permitindo assim, uma maior saciedade por um período prolongado. Assim, também exerce um efeito no sistema nervoso central reduzindo o apetite e levando ao emagrecimento.



Após essa descoberta, todos que estão acima do peso querem usar o medicamento, porque mesmo quem não tem diabetes, acaba emagrecendo. Porém, a medicação só foi estudada e liberada para ser usada em portadores de diabetes tipo 2 (não pode ser usada por pacientes com diabetes tipo 1 e nem junto com a insulina). O problema é que não se sabe, que tipo de efeitos podem ocorrer com quem não tem diabetes e utiliza essa substância para emagrecer.

Apesar de estar sendo usado por pessoas sem diabetes que até o momento não apresentaram nenhum problema, ninguém pode garantir que daqui alguns meses ou anos, não surja algum. Vale a pena arriscar?

O uso da medicação é liberado para maiores de 18 anos, portadores de diabetes tipo 2. Deve ser vendido apenas com receita médica. É uma medicação injetável, devendo ser aplicada no subcutâneo, assim como a insulina. Sua aplicação é uma vez ao dia e seu uso deve ser contínuo.

Os efeitos adversos mais apresentados são náuseas, vômitos e diarréia, que são piores nos primeiros dias de uso e depois tendem a melhorar. Também pode ocorrer constipação, dor abdominal, dispepsia (má-digestão), cefaléia, nasofaringite, pancreatite aguda, alterações da tireóide e hipoglicemia quando usado com outra medicação para o diabetes, as sulfoniluréias.

A nova medicação é bem-vinda e vai ajudar muitos pacientes diabéticos a controlarem melhor sua glicemia e emagrecerem, conseguindo assim, uma melhor prevenção das doenças associadas ao diabetes. Uma outra desvantagem é o preço da medicação, o tratamento custa em torno de R$ 700,00 por mês.

Vamos torcer para que novos estudos mostrem a segurança de seu uso em pacientes sem diabetes e que ela seja logo liberada para auxiliar o emagrecimento em qualquer pessoa, com ou sem diabetes tipo 2. Mas até o momento, só esse grupo de pacientes pode aproveitar os benefícios do Victoza.

27/09/2011

Você está pronta para perder peso?

A mudança pode ser divertida e empolgante; também pode ser amedrontadora e estressante. No momento em que você considerar fazer mudanças visando um estilo de vida novo e mais saudável, é importante avaliar sua atitude com relação à mudança. Vamos definir as atitudes como "crenças conscientemente mantidas".

Antes de começar qualquer processo de mudança, é particularmente importante entender se suas atitudes vão levá-la em direção, ou para longe, das metas que você estabeleceu. Para ajudar a avaliar suas atitudes, responda honestamente verdadeiro ou falso às seguintes perguntas:

1. Perder peso suficiente para atingir minha meta me garantiria eterna felicidade;
2. É uma boa idéia guardar minhas roupas de tamanho maior, só para o caso de precisar delas outra vez;
3. Me pego odiando as pessoas que vejo em aulas de ginástica ou correndo pela rua;
4. Quando estou me exercitando e comendo corretamente, fico zangada e frustrada quando a balança não mostra resultados imediatos;
5. Sinto privação quando estou fazendo dieta e não posso esperar até estar fora dela para poder comer minhas comidas favoritas outra vez;
6. Logo que perder peso, parecerei tão bem que não terei que me exercitar mais;
7. Não é justo que outras pessoas comam mais que eu e não tenham problema com peso;
8. Para me manter em minha meta de peso, tenho de privar-me e perder o prazer de viver;
9. Algum dia poderei tomar uma pílula que me permitirá comer tudo o que quiser e ainda perder peso;
10. Vejo exercícios como tortura ou castigo;
11. A não ser que perca dois quilos por semana, me sinto desencorajada e quero abandonar minha dieta;
12. É impossível ter uma vida social ativa e ao mesmo tempo perder peso;
13. Manter um diário de alimentação é infantil e embaraçoso;
14. A comida é minha melhor amiga;
15. Sinto-me sujeita a pânico se não há comida disponível quando quero;
16. Para mim é impossível perder peso devido ao meu histórico familiar;
17. Quando começo a me exercitar, se falto mais de um dia ou dois me sinto inchar, então desisto;
18. É impossível para mim lidar com o stress da vida sem apelar para a comida;

Se você respondeu "verdadeiro" a mais de quatros destas perguntas, você tem algumas atitudes que podem não levá-la em direção a seus objetivos. É importante identificar e mudar essas atitudes a fim de perder peso permanentemente.

Se você respondeu "verdadeiro" a dez ou mais destas perguntas, a falha em mudar essas atitudes destrutivas provavelmente resultará em fracasso ao evitar recuperar o peso perdido. Você pode querer buscar a ajuda de um grupo de apoio ou de um psicólogo.

Esperamos que agora você esteja pronto para escolher um programa de perda de peso. Procure o CLUBE LEVE. O melhor e mais completo programa de perda de peso. Em 9 semanas mude seus hábitos, sua vida, seu corpo!




Informações? 33661224.






Dra. Michelly Dellecave.

26/09/2011

Gente, que horror: Mais da metade dos adolescentes são sedentários!


Pelos critérios da Organização Mundial de Saúde, menos da metade dos adolescentes brasileiros podem ser considerados ativos do ponto de vista físico. Quase 1/3 deles está acima do peso.

As causas apontadas para a inatividade vão do hábito de ficar em frente à TV ou ao computador até a falta de segurança para brincar na rua.

O dado é de um estudo da Universidade Federal de Pelotas (RS) que avaliou 4.325 jovens entre 14 e 15 anos.

Só 48% praticam os 300 minutos de atividade física semanal recomendados pela OMS -cerca de uma hora por dia. E os meninos são duas vezes mais ativos do que as meninas.

Os resultados podem ser extrapolados para o país, e equivalem ao cenário mundial: pesquisa da OMS feita em 34 países mostra que só 24% dos meninos e 15% das meninas preenchem os critérios mínimos recomendados.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores brasileiros avaliaram a prática de atividade física de lazer (como futebol, natação, skate etc.); a atividade física de deslocamento, que considera se o jovem costuma ir à escola a pé ou de bicicleta; e a soma desses dois hábitos.

Segundo o educador físico Samuel Dumith, autor do estudo, as aulas de educação física não foram consideradas porque elas não são feitas nem em quantidade nem em qualidade necessárias para promover benefícios à saúde.

"Os adolescentes não levam a educação física a sério e fazem os exercícios sem intensidade e regularidade."

Apesar de a pesquisa mostrar que 75% dos adolescentes fazem alguma atividade de lazer e que 73% deles caminham ou vão de bicicleta até a escola, o estudo provou que as duas ações juntas não alcançam o mínimo recomendado de exercício.

"Os jovens priorizam as atividades sedentárias, e isso é muito preocupante. Eles estão acima do peso e ficam, em média, 4 horas por dia em frente à TV, ao videogame ou ao computador, enquanto se dedicam menos de uma hora por dia para os exercícios", afirma Dumith.

Para Marlos Domingues, outro autor do trabalho, a falta de segurança explica parte dessa situação. Além disso, o nível de sedentarismo entre os pais também é alto, o que pode acabar influenciando os hábitos dos "teens".

"Já não se brinca na rua. A criança ou adolescente depende de alguém para levá-la às escolinhas de esportes", diz Domingues, que é educador físico. Para ele, os resultados são "uma surpresa" porque, nessa faixa de idade, é difícil usar a falta de tempo para justificar a pouca atividade.

"A surpresa fica por conta da tragédia que esperamos daqui a alguns anos. Todos serão sedentários", diz Timóteo Araújo, educador físico que dá assessoria ao programa Agita São Paulo.
Domingues concorda. "Os prejuízos à saúde só serão vistos mais tarde. A chance de continuarem sedentários na idade adulta é altíssima."


Ó céus! Aonde chegaremos? Só obesos, sedentários e doentes!


Não espere chegar lá!



Dra. Priscila Rosa Pereira.

25/09/2011

Doenças cardiovasculares são maiores inimigas das mulheres

De cada dez mulheres, seis morrem de infarto, principalmente após a menopausa. E a maioria não tem consciência disso, pois concentra toda a preocupação em exames ginecológicos, como os de mama e do colo do útero.




As doenças cardiovasculares matam seis vezes mais que o câncer de mama, por exemplo. E as brasileiras são líderes das Américas em acidente vascular cerebral (AVC): têm três vezes mais o problema que as americanas e canadenses.


Entre os principais fatores de risco das mulheres estão: hipertensão, colesterol, diabetes, obesidade abdominal, sedentarismo, cigarro e interação entre fumo e anticoncepcional (que a partir dos 30 anos pode causar trombose venosa e uma consequente embolia pulmonar). 90% dos riscos são determinados por esses fatores e pelo estilo de vida, contra 10% da carga genética. Ou seja, é possível mudar esse quadro.



Após a menopausa, o risco aumenta ainda mais: a mulher deixa de ter o corpo em formato de pera e passa a ser “maçã”. Isso significa que o depósito de gordura abandona as coxas e o bumbum para se concentrar ao redor do abdômen e na parte superior do corpo. Cinturas acima de 80 cm para o sexo feminino e de 94 cm para o masculino já devem acionar o sinal de alerta, de acordo com a Federação Internacional de Diabetes.


Dra. Pâmela Rosa Pereira

24/09/2011

PROGRAMA DE PERFORMANCE CYBEX PARA O GOLF COM GREG NORMAN



O programa de treinamento da CYBEX para o Golf foi criado para aprimorar o treinamento físico específico que resultam em uma suave, eficiente e poderosa habilidade para o jogo. Desenvolvida pelo CYBEX INSTITUTE PARA EXERCÍCIO CIENTÍFICO, o programa é o primeiro da indústria a completar um regime de programa dedicado a ajudar os jogadores a aprimorar os mpusculos que irão deixar suas habilidades ainda mais desenvolvidas para o jogo.

Para o desenvolvimento desse programa, foram ocnduzidas exaustivas pesquisas em mais de 500 jogadores de golfe de diferente habilidades, disse Paul M. Juris, Diretor executivo do CYBEX INSTITUTE. Foram examinadas características de FORÇA, FLEXIBILIDADE, ALINHAMENT E BALANÇO, e identificadas 4 características físicas pré-requisitadas que são absolutamente essenciais para qualquer jogador de golf.


A rotina do programa pode ser completada em apenas 20 minutos diários no Bravo by Cybex.


O BRAVO BY CYBEX teve um programa criado específico para os praticantes de golf. Porém, já sçao realizados outros movimentos específicos de inúmeros esportes, como: Tênis, Futebol, Natação, Boxe, Canoagem, e muito mais. Todos os movimentos criados são biomecanicamente estudados e foram desenvolvidos para aumentar a performance física dos praticantes profissionais e amadores de diversas modalidades.

Não é um aparelho de musculação qualquer. É o melhor aparelho de treinamento funcional do mundo, desenvolvido pela melhor empresa de equipamentos fitness do mundo. E o único em Santa Catarina está pertinho de você, na DUE! Marque já sua aula experimental para conhecer essa evolução do fitness!

Dra. Pâmela Rosa Pereira

23/09/2011

Ouro líquido do Marrocos



Os produtos da linha Moroccanoil são realmente excelentes pra quem tem cabelos ressecados e danificados. Quem tem o cabelo mais oleoso pode não gostar muito, pois o produto pode deixá-los mais oleosos ainda. Mas a dica é experimentar para ver.

A linha completa inclui shampoo, condicionador, máscara de tratamento, óleo finalizador e spray finalizador de brilho. Não é preciso usar todos os produtos da linha para ver resultado, combinando um dos produtos com outros produtos bons, de marcas respeitadas e específicos para seu tipo de cabelo, já é possível ver um resultado legal.

Já postamos aqui sobre estes produtos da Moroccanoil e outros também feitos com o óleo de argan, que é o ingrediente principal e responsável pelos beneficios dessa linha. Claro que além do óleo, cada marca coloca outros ingredientes que vão ajudar a dar um resultado mais ou menos legal. E os produtos dessa linha são muito bem aceitos e elogiados pelos melhores cabeleireiros e pelas famosas que os usam.

A gente usou e aprovou, experimente também!

22/09/2011

DUE na prática! Entrevista- Vera Helena Dias























A entrevistada desse mês é a estudante Vera Helena Dias, de 18 anos. Como poderá ser lido na entrevista abaixo, com maiores informações, a Vera é um exemplo de que o Pilates pode ter inúmeros benefícios para a mesma pessoa,até mesmo uma pessoa super jovem e ativa como ela. O Pilates pode beneficiar esteticamente e também reabilitando e, principalmente, previnindo lesões.

COMO CONHECEU O PILATES E O QUE TE CHAMOU ATENÇÃO NO MÉTODO?
Estava em busca de academias e clínicas para aumentar a minha prática de atividades físicas. Já havia tido acesso a informações sobre o pilates, mas não havia visto uma aula. Então, quando realmente o conheci, fazendo uma aula experimental, gostei bastante. Logo percebi o quanto a respiração é importante na prática desta atividade, e que iria conseguir conquistar todos os meus objetivos.

HÁ QUANTO TEMPO PRATICA O MÉTODO?
Pratico pilates há 2 anos, sempre com a Dra. Pâmela.

COM QUAL OBJETIVO VOCÊ INICIOU A PRÁTICA?
Bom, eu tinha vários objetivos: melhorar a postura, fortalecer os meus joelhos (principalmente o esquerdo), além de realizar as atividades físicas com mais frequência, solicitadas pelo meu médico, devido o problema de luxação congênita que tive no quadril esquerdo*.

E QUAL OS BENEFÍCIOS QUE SENTIU COM A PRÁTICA DESDE O INÍCIO ATÉ HOJE?
O principal benefício foi a melhora nos meus joelhos. Quando comecei o pilates tinham movimentos em que só conseguia realizar, após um grande esforço. Atualmente até pular corda, que é um exercício de impacto para o joelho, consigo realizar, sem dificuldades. Com relação à minha postura, consegui ter um grande avanço. Sei que ainda tenho muito o que melhorar neste aspecto, mas com o pilates consegui ter uma visão melhor do meu corpo, que me ajuda a corrigir a postura em momentos de distração.

PARA VOCÊ, QUAL O DIFERENCIAL DO PILATES EM RELAÇÃO ÀS DEMAIS ATIVIDADES FÍSICAS?
Quando pratico o pilates percebo que além de ser bom para o meu corpo - fortalecendo os meus músculos e modelando o meu corpo - ele me ajuda a relaxar. Saio da aula me sentindo mais leve, e bem disposta.

PRATICA MAIS ALGUM TIPO DE EXERCÍCIO FÍSICO OU TEM MAIS ALGUM TIPO DE CUIDADOS COM A SAÚDE E BELEZA (dieta, tratamento estético)
Cuido da minha pele, principalmente do rosto. Utilizo creme de limpeza, e remoção de cravos e espinhas. Gosto de fazer atividades físicas, assim no meu tempo livre pratico atividades, como: caminhadas, ciclismo e vôlei.


*Luxação Congênita do Quadril ocorre devido a perda do contato da cabeça do fêmur com o acetábulo do quadril durante o nascimento. Pode acontecer por um mau posicionamento intra-uterino, aonde os ligamentos acabam mais frouxos levando a luxação durante o parto, ou devido à hereditariedade. O tratamento dependerá de quando for descoberto. Pode ser através do uso de órtese ou correção cirúrgica. Quanto mais cedo diagnosticado e tratado menores as sequelas motoras.

20/09/2011

Especial Manchas: as inimigas da pele



As manchas escuras sempre preocupam e são causadas por uma disfunção na produção e distribuição da melanina, pigmento natural que oferece coloração e proteção à pele, produzido pelo estímulo dos raios solares, principalmente os UV.


CAUSAS DAS MANCHAS:



  • Esposição cumulativa aos raios solares UVA e UVB;


  • Perturbações hormonais (uso de pílula anticoncepcional, reposição hormonal, gravidez, etc);


  • Envelhecimento cutãneo que também gera um freio nas funções epidérmicas (a melanina não chega tão homogênea à superfície);


  • Hereditariedade: a pré disposição ao aparecimento das sardas é genética

TIPOS DE MANCHAS ESCURAS:




  • MELASMA OU CLOASMA: aparecem na face, testa e região do buço. Mais frequentes em mulheres devido à disfunção hormonal. Sua manifestação é agravada com o sol.


  • LENTIGOS SOLARES OU MELANOSES SOLARES: Mais comuns, são causadas pelo fotoenvelhecimento (ação cumulativa do sol na pele e que começa a aparecer após os 30 anos)nas regiões mais expostas ao sol (rosto, braços, dorso das mãoes, ombros e colo). São também chamadas de manchas senis, apesar de não serem exclusividade das pessoas mais velhas; caso cocem ou descamem podem se transformar em lesão pré-cancerosa.




  • SARDAS: Sua origem é genética e costuma acontecer em peles claras. São desencadeadas pelo sol logo na infância (entre 7 e 8 anos).




  • FITOFOTODERMATOSE: Mnachas causadas por substância fotossensibilizante (limão, figo, perfumes, etc) após exposição ao sol;



  • HIPERPIGMENTAÇÃO PÓS-INFLAMATÓRIA: Mancha que surge após algum processo inflamatório na pele. Isso acontece porque toda vez que ocorre uma infecção na pele, sob o sol, há uma maior produção de melanina no local, o que é normal, faz parte da resposta natural de defesa do corpo. Por isso, é comum ver pessoas com a pele acnéica manchada, pois muitas vezes elas tem o hábito de cutucar as espinhas, machucando a pele e o ferimento em contato com o sol desencadeia oo aparecimento de manchas.



As manchas aparecem as vezes depois dos 30 anos, mesmo tendo se cuidado com alta proteção, porque até os 20 anos a maioria das pessoas que não se protegeu devidamente desde criança, esgotou quase totalmente seu "capital de sol", ou seja, a sua cota de exposição ao sol para a vida toda, já que os efeitos nocivos do sol são cumulativos. O sol que uma pessoa se expõe até seus 20 anos é responsável por até 80% das alterações de pele como manchas, câncer e envelhecimento precoce.




TEMPO ESGOTADO! "Capital Solar" é o número de horas que a pele é capaz de suportar, desprotegida, sem mostrar sinais de envelhecimento. Os raios solares tem efeitos cumulativos (memória das células). Todos nascem com uma cota pré-determinada de exposição solar, o que é chamado de capital sol, menor para as peles claras e maior para as peles escuras. Os efeitos dos raios UVA/UVB vão se acumulando, com o passar do tempo e quando o capital sol se esgota aparecem problemas como as manchas. Por isso, você deve usar um bom protetor solar, já que não está livre das consequ~encias dos excessos das exposições anteriores.


Estudos mostram que nós temos por volta de 3.650 horas. Se você tem 30 anos e toma uma hora de sol por dia desde os 15 anos, sua conta está em 5.475 dias, ou seja, seu saldo de capital solar já está negativo! E não estamos falando de 5.475 dias de praia. Mesmo na rua, indo para o trabalho, as pessoas são atingidas por tipos de radiação que agem de maneira diferente sobre a pele.


Dra. Pâmela Rosa Pereira.

19/09/2011


Para garantir que uma sessão de treino “valeu”, use este checklist que deve sempre te acompanhar mentalmente, pra cada treino:


- Me alimentei 30 minutos antes do treino ( ) V ( ) F

- Aqueci meu corpo de forma geral por 5 a 10 minutos ( ) V ( ) F

- Fiz o máximo de repetições que aguentava para aquela carga em cada exercício ( ) V ( ) F

- Executei todas as repetições no mesmo padrão de movimento ( ) V ( ) F

- Descansei apenas o suficiente para me recuperar pra próxima série ( ) V ( ) F

- Terminei o treino com alongamento para voltar à calma ( ) V ( ) F

Se você respondeu “verdadeiro” para todas as questões acima, parabéns! Seu treino valeu cada minuto. Se não, tente de novo amanhã, e lembre-se desse checklist!

Os profissionais da DUE sempre seguem esse protocolo com seus alunos em qualquer atividade praticada dentro do fitness.

Simples, mas se forem etapas seguidas, dão ótimos resultados!

O PILATES NA DUE AGORA TORRA CALORIAS!!!

Algumas pessoas acreditam que basta subir na balança e pesar “menos” para que tenham perdido peso. Devemos sempre lembrar a necessidade de manter uma dieta equilibrada e disciplina na prática das atividades aeróbicas, para que percamos peso gradativamente. Entre os exercícios aeróbios estão a caminhada, corrida, natação, pular corda, pedalar, andar de patins e outros, todos contribuem bastante nesse processo.

O foco principal do Pilates é a consciência corporal durante os exercícios combinado com a respiração e postura. Existem outros benefícios de melhora das capacidades físicas que são mais visíveis na prática do método como: melhora da flexibilidade, equilíbrio, coordenação motora e resistência muscular, onde podemos elaborar as sessões com estratégias de intensidade que favorecem no processo de emagrecimento, usando alguns exercícios que elevem a freqüência cardíaca do cliente.

O emagrecimento não decorre exclusivamente da prática de Pilates, mas de uma combinação de fatores. Também depende do tipo de corpo do aluno, do nível de esforço e dos tipos de exercícios trabalhados durante a aula.

Normalmente, o gasto energético de uma aula de Pilates fica abaixo do que precisamos para “queimar gordura”. Precisar a perda de calorias numa aula de Pilates é bem difícil, pois as aulas têm objetivos diferentes, mas normalmente consideramos uma média de 400 calorias por sessão, que varia de acordo com o objetivo e condicionamento de cada aluno.





Outra estratégia é a utilização de acessórios que contribuem para atingir resultados como o trabalho aeróbico: a DUE utiliza a corda e o mini jump (mini trampolim). Esses acessórios são utilizados intercalando séries de exercícios do Pilates com saltos variados e ritmos variados na corda e no jump, mantenho a frequencia cardíaca sempre elevada, proporcionando maior gasto calórico e SIM, queima de gordura.

Vale lembrar que para utilização desses acessórios, também deve haver prescrição do profissional. Na DUE, a fisioterapeuta e educadora física estão sempre acompanhando e orientendo os alunos durante a prática e por isso, o exercício é sempre seguro!


Prepare-se para o verão na DUE. Ainda dá tempo e com treino regular de 2x na semana já sentirá no primeiro mês os benefícios!



Dra. Pâmela Rosa Pereira.

18/09/2011

Coma pistache e derrube o colesterol!

Pesquisa feita pela Universidade do Estado da Pensilvânia, nos EUA, provou que o consumo diário dessa oleaginosa faz muito bem à saúde cardíaca.

A ação ocorre em duas frentes de batalha: causa a redução do mau colesterol (LDL) e age contra radicais livres devido ao seu alto poder antioxidante. O coração também é fortalecido por causa dos fitoesteróis, substâncias presentes aos montes no pistache, que reduzem o colesterol ruim e evitam assim, o entupimento dos vasos sangüíneos.

Para chegar a tal conclusão, os cientistas acrescentaram a oleaginosa à dieta de homens e mulheres por quatro semanas. Com uma pequena quantidade houve inúmeros benefícios à saúde cardíaca.

No estudo americano, os participantes consumiram ao menos 42 gramas diários de pistache, o que equivale a 3 colheres de sopa. Essa quantidade pode ser ingerida ao natural, ou entrar na composição de pratos salgados e doces.

Uma receita que você pode experimentar é a do molho pesto feito com pistache:

Ingredientes:
- 1 xícara de manjericão
- 1/3 de xícara de queijo parmesão ralado
- 1 dente de alho amassado
- ¼ de xícara de pistaches sem casca e picados
- ¼ de xícara de azeite de oliva
- uma pitada de sal
- uma pitada de pimenta do reino branca moída

Preparo:
Coloque as folhas de manjericão, o queijo, o alho, os pistaches e a pimenta do reino em um processador e bata até formar uma mistura homogênea. Depois misture os outros ingredientes e jogue sobre a massa.

Um outro proveito para esse molho é misturá-lo com requeijão light ou cream-cheese light e assim você tem um patê delicioso pra servir de entrada junto com palitinhos de cenoura crus ou torradinhas light.

O pistache contém betacaroteno, vitamina E e luteína, que lhe conferem um dos maiores potenciais antioxidantes entre as oleaginosas.

Outras oleaginosas benéficas são a castanha de caju, que contém bastante gordura monoinsaturada, que reduz o colesterol ruim – LDL, e protege o coração; a amêndoa é campeã de vitamina E, tendo grande ação antioxidante e a castanha do pará possui selênio, um mineral que participa da formação dos hormônios da tireóide.

Claro que tem que comer com moderação, como tudo, o pistache tem calorias e em excesso engorda, fazendo mais mal do que bem.

Dra. Priscila Rosa Pereira.

17/09/2011

Os Custos da Obesidade

A obesidade leva a um aumento substancial na utilização dos recursos de saúde com elevados custos econômicos, uma vez que contribui para a carga global de doenças crônicas e incapacidade.

Os custos da obesidade e suas consequências negativas para a saúde foram estimados entre 0,7% a 7% dos gastos nacionais com saúde em todo o mundo.

Na China, entre os anos de 2002 e 2003, o custo médico direto das doenças crônicas atribuíveis ao sobrepeso e à obesidade (hipertensão, diabetes tipo 2, doença coronariana e acidente vascular cerebral) foi estimado em 21 bilhões de yuans (cerca de 2,7 milhões de dólares), representando 5,5% do total dos custos médicos para as quatro doenças crônicas ou 3,7% do total nacional de despesas médicas.

As projeções realizadas demonstraram que os custos médicos associados ao sobrepeso e à obesidade podem chegar a 37 bilhões de yuans, ou aproximadamente 4,8 bilhões de dólares (um aumento de 75%) no caso da persistência do crescimento da prevalência desse agravo.

Na Alemanha, os resultados de um estudo que estimou os custos diretos (internação, tratamento ambulatorial e reabilitação) e indiretos (morbidade e mortalidade) atribuíveis à obesidade e ao sobrepeso para o ano de 2002, apontaram um custo direto de 4,85 milhões de euros (correspondente a 2,1% do total de gastos com saúde) e 5,02 milhões de euros em custos indiretos. Uma parte dos custos diretos (43%) foi atribuída a doenças como o diabetes tipo 2 e a obesidade em si, seguida por doenças cardiovasculares (38%), neoplasias (14%) e doenças digestivas (6%).

Em Portugal, um levantamento realizado em 2002 mostrou que os custos indiretos com obesidade chegaram a 199,8 milhões de euros. Além dos gastos diretos em tratamentos, as doenças relacionadas à obesidade causaram custos indiretos, pois resultaram em mais de 1,6 milhões de dias de incapacidade anuais, principalmente por faltas ao trabalho associadas a doenças do sistema circulatório e diabetes tipo 2. Os custos também são resultado de 18.733 potenciais anos de vida ativa perdidos calculados para os que morreram.

Os componentes indiretos representaram 40% do total dos custos da obesidade. Somando as estimativas de custos diretos e indiretos, a obesidade custou a Portugal, em 2002, aproximadamente 500 milhões de euros (sendo 82,3 milhões para o tratamento em ambulatório da obesidade e suas comorbidades, 87 milhões para internação, 128 milhões para o consumo de medicamentos, 83 milhões em perdas de produtividade associadas à incapacidade temporária e 116,6 milhões em perdas econômicas relacionadas com a mortalidade prematura).

Um estudo australiano avaliou os gastos com saúde, comparando os gastos de pacientes com o Índice de Massa Corporal (IMC) classificado como normal, sobrepeso e obeso, em 5 anos. Ficou demonstrado que o custo total anual por pessoa acima dos 25 anos, com IMC normal foi de 1.472 dólares; já o custo com os indivíduos classificados como obesos foi de 2.788 dólares (quase o dobro). Em 2005, o custo direto da saúde para os australianos com mais de 30 anos foi de 6,5 bilhões de dólares para os classificados com sobrepeso, e 14,5 bilhões de dólares para os obesos (mais que o dobro).

De acordo com estudo realizado no início dos anos 2000 em British Columbia, uma das três maiores províncias do Canadá, estima-se que mais de 2 mil pessoas morrem prematuramente a cada ano devido a doenças relacionadas com a obesidade, perdendo-se 8 mil anos potenciais de vida anualmente.

As doenças relacionadas com a obesidade custam ao sistema de saúde cerca de 380 milhões de dólares anuais, valor correspondente a 4,5% do total dos custos diretos dos cuidados médicos na província. Quando adicionados custos indiretos e perda de produtividade devido à obesidade (incluindo morte prematura, falta ao serviço e incapacidade), o custo total da obesidade para a economia de British Columbia é estimado entre 730 e 830 milhões de dólares por ano.

Nos EUA, de acordo com um estudo dos custos nacionais atribuídos ao sobrepeso e à obesidade, as despesas médicas relativas a esses agravos foram responsáveis por 9% do total de todas as despesas médicas para o ano de 1998, chegando a 92,6 milhões de dólares em 2002. Para estimar os custos médicos diretos do sobrepeso e obesidade por pessoa, uma metanálise avaliou 33 estudos e destes, os 4 considerados melhores, mostraram que em 2008, o acréscimo nos custos médicos diretos foi de 266 dólares em indivíduos com sobrepeso, 1.723 dólares em indivíduos obesos e 3.012 dólares em indivíduos obesos mórbidos, comparados a pessoas de peso normal.

Os gastos com obesos mórbidos são 68% maiores quando comparados com indivíduos de peso normal. Dependendo da fonte utilizada nos estudos desta metanálise, o total nacional, nos EUA, de gastos com saúde nos custos médicos diretos relacionados ao excesso de peso varia entre 5% a 10%.

Foi feito um estudo para estimar o crescimento dos custos com os cuidados de saúde, ao longo do tempo, conforme as alterações nas prevalências da obesidade. A previsão do estudo é de que os EUA chegarão a gastar 344 milhões de dólares em custos de saúde atribuíveis à obesidade em 2018, se as taxas continuarem a aumentar em seus níveis atuais. Os gastos diretos relacionados com a obesidade representarão pelo menos 1/3 dos gastos com saúde do país em 2018.

Já se os níveis de obesidade forem mantidos nas taxas atuais haverá, possivelmente, uma economia de cerca de 820 dólares por adulto em despesas de saúde até 2018, ou seja, uma economia de quase 200 bilhões de dólares. Quanto aos custos indiretos da obesidade, poucos estudos são encontrados.

Um estudo sobre os custos de hospitalização relativos ao sobrepeso e à obesidade e doenças associadas no Brasil, referentes ao ano de 2001, estimou os valores gastos por análise dos dados de hospitalizações de homens e mulheres entre 20 e 60 anos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e indicou um total de custos equivalente a 3% dos custos totais de hospitalização, para os homens, e 5,8% para as mulheres. Apesar das limitações metodológicas, o estudo indicou que o sobrepeso e a obesidade são importantes motivos de internação, representando uma boa parte dos custos totais em saúde e mais de um milhão de dias de trabalho perdidos em 2001.

Os custos econômicos da obesidade na infância e adolescência são significativos. Entre os anos de 1979 e 1981, o custo anual de hospitalizações relacionadas com a obesidade entre crianças e adolescentes foi de 35 milhões de dólares. Este custo apresentou aumento expressivo entre 1997 e 1999, passando para 127 milhões de dólares.

O sobrepeso na adolescência é um poderoso preditor de efeitos adversos à saúde na vida adulta, independentemente do peso na idade adulta.

Um estudo projetou os impactos econômicos a longo prazo da prevenção e redução do sobrepeso e obesidade em adolescentes entre 16 e 17 anos, mostrando que a redução de 1 ponto percentual do IMC destes, poderia reduzir o número de adultos obesos no futuro, o que resulta em diminuição dos cuidados médicos após os 40 anos em torno de 586 milhões de dólares.

Os estudos relacionados à diminuição dos custos através do tratamento da obesidade, utilizando medicamentos ou cirurgia são escassos e, em virtude da variabilidade dos mesmos, não muito conclusivos.

Então, tratar a obesidade é uma questão não só de saúde, mas de economia para os países.


Dra. Priscila Rosa Pereira.

16/09/2011

PLATAFORMA VIBRATÓRIA



O SEGREDO DA MÁQUINA: Para entender o funcionamento do aparelho, é preciso recorrer a aulas de física. Na caixa da plataforma há motores. Ao serem acionados, eles provocam uma vibração. A plataforma sobe e desce, vai para frente e para trás e de um lado para o outro - tudo isso numa velocidade entre 30 e 50 vezes por segundo! O vaivém é praticamente imperceptível, mas uma coisa é certa: a vibração provoca uma aceleração em todas as direções, o que exige que você faça esforço para manter o corpo em equilíbrio.



O QUE ACONTECE NO SEU CORPO: É a variação da velocidade que gera um desequilíbrio em quem esté em cima do aparelho. A vibração que a placa emite causa um aumento de carga gravitacional. Ou seja: você tem a impressão de que a gravidade aumenta, mas, na verdade, a aceleração da plataforma soma-se à da gravidade, e com isso, há maior recrutamento dos músculos, fazendo com que mais fibras sejam utilizadas em resposta ao estímulo.


NADA DE MOLEZA: Diferentemente do que muita gente pensa, a plataforma vibratória não é uma ginástica para quem não gosta de fazer ginástica. Não tem essa de ficar parado esperando a máquina tremer. É preciso fazer muita força e focar no músculo que está sendo trabalhado.


EXERCÍCIOS POTENTES: Em cima da plataforma, pode fazer qualquer tipo de movimento, de agachamento a flexão de braços e abdominais - em pé, sentada ou deitada. A combinação das contrações com a ginástica feita sobre o equipamento potencializa muito o exercício, produzindo resultados em menos tempo de treino.


TREINO ECONÔMICO: Uma das vantagens mais sedutoras de fazer exercício na plataforma vibratória é a economia de tempo. Segundo especialistas, em meia hora você consegue trabalhar o corpo todo - o equivalente a uma hora de malhação tradicional - e detonar cerca de 400 calorias. E não adianta ficar mais tempo, pra não correr o risco de causar fadiga. Já a frequência ideal é de 3x por semana - uma ótima opção para quem tem agenda cheia e pouco tempo disponível para malhar.



FORÇA MÁXIMA, MÚSCULOS DEFINIDOS: Um estudo da Universidade de Leuven, na Bélgica, realizou uma comparação de ganho de força muscular em um grupo de mulheres de 20 a 24 anos - metade treinou em plataforma vibratória e a outra metade fez sessões convencionais de musculação. Os resultados revelaram que as que utilizaram a plataforma tiveram um ganho de 16,6% no aumento da força das pernas em 12 semanas de treino, diante de 14,4% das que seguiram o treino tradicional.

OSSOS SAUDÁVEIS: Combater a osteoporose é um dos benefícios mais divulgados pela ciência quando o assunto é plataforma vibratória. Outro estudo da Universidade de Leuven feito com mulheres que sofriam com osteoporose demonstrou que elas não somente obtiveram um ganho de 16% de força mas também um aumento de 1% de densidade óssea durante os seis meses em que treinaram com o equipamento.

BARRIGA CHAPADA: Pesquisas sobr eobesidade já mostraram que as plataformas vibratórias funcionam bem comparadas a outros métodos de ginástica para perder peso. Um trabalho apresentado no 17° congresso europeu de obesidade revelou que as plataformas associadas a uma dieta controlada, contribuem para a redução da gordura visceral, aquela camada adiposa que se acumula no abdômen e é bem difícil de ser reduzida.


CONVENCIDO (A)?


Dra. Pâmela Rosa Pereira

15/09/2011

Qual é o seu estilo?

Veja as fotinhos das sobrancelhas e lábios das divas mais famosas do cinema e veja com qual estilo você mais se identifica:




14/09/2011

Dica da DUE: Oil Control


MAC OIL CONTROL LOTION

Ótima para ser usada antes de qualquer base ou pó, essa loção tem efeito matte e elimina completamente o brilho das peles oleosas. Melhora a textura da pele, deixando a superfície lisinha e dando um aspecto iluminado, mas sem brilho excessivo.

Além disso, possui minerais e anti-oxidantes que tratam sua pele e ajudam a balancear o PH.

Experimente!

13/09/2011

Dica da DUE


Hidrate suas cutículas!

Sabe aquelas cutículas que ficam espetando, machucando e que dá uma vontade de puxar...daí acabamos machucando?

Elas ocorrem por falta de hidratação.

Para ter unhas fortes, brilhantes e cutícula lisinha, você deve aplicar durante o dia um pouquinho de hidratante em cada unha e massagear a cutícula até que ele seja completamente absorvido. Não precisa ser nenhum creme específico para cutículas, qualquer hidratante está valendo.

Experimente essa dica e veja como suas unhas ficarão mais fortes e bonitas!

Dica: As magras comem mais vezes por dia



Comer até ficar 80% satisfeita. Esse é um dos segredos das japonesas para se manter magras. Francesas, espanholas e italianas consomem tudo o que gostam, mas fazem questão de não exagerar no tamanho da porção. Outro hábito em comum nas populações do planeta com uma estatística baixíssima de sobrepeso é variar os alimentos. O treinador de artistas como Lady Gaga e outras artistas de Holywood destaca mais uma medida tomada pelas estrelas: fazer cinco refeições por dia, no mínimo!


Dra. Pâmela Rosa Pereira.

12/09/2011

A lista dos 10 piores alimentos

Que atire a primeira pedra quem não se rende a um fast food, salgadinho ou cachorro-quente e depois fica preocupado com as calorias que ingeriu. Mas o que pouca gente sabe é que os perigos desses alimentos vão muito além da questão estética e podem ser um risco para a saúde. Para esclarecer esses problemas, a nutricionista Michelle Schoffro Cook listou os dez piores alimentos de todos os tempos.

Veja a lista:


10º lugar: Sorvete

Apesar de existirem versões mais saudáveis que os tradicionais sorvetes industrializados, a nutricionista adverte que esse alimento geralmente possui altos níveis de açúcar e gorduras trans, além de corantes e saborizantes artificiais, muitos dos quais possuem neurotoxinas – substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso.


9º lugar: Salgadinho de milho

De acordo com Michelle, desde o surgimento dos alimentos transgênicos a maior parte do milho que comemos é um “Frankenfood”, ou “comida Frankenstein”. Ela aponta que esse alimento por causar flutuação dos níveis de açúcar no sangue, levando a mudanças no humor, ganho de peso, irritabilidade, entre outros sintomas. Além disso, a maior parte desses salgadinhos é frita em óleo, que vira ranço e está ligado a processos inflamatórios.


8º lugar: Pizza

Michelle destaca que nem todas as pizzas são ruins para a saúde, mas a maioria das que são vendidas congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.


7º lugar: Batata frita

Batatas fritas contêm não apenas gorduras trans, que já foram relacionadas a uma longa lista de doenças, como também uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em altas temperaturas. Além disso, a maioria dos óleos utilizados para fritar as batatas se torna rançosa na presença do oxigênio ou em altas temperaturas, gerando alimentos que podem causar inflamações no corpo e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.


6 lugar: Salgadinhos de batata

Além de causarem todos os danos das batatas fritas comuns e não trazerem nenhum benefício nutricional, esses salgadinhos contêm níveis mais altos de acrilamida, que também é cancerígena.


5º lugar: Bacon

Segundo a nutricionista, o consumo diário de carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e de diabetes em 19%. Um estudo da Universidade de Columbia descobriu ainda que comer 14 porções de bacon por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao órgão.


4º lugar: Cachorro-quente

Michelle cita um estudo da Universidade do Havaí, que mostrou que o consumo de cachorros-quentes e outras carnes processadas pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em 67%. Um ingrediente encontrado tanto no cachorro-quente quanto no bacon é o nitrito de sódio, uma substância cancerígena relacionada a doenças como leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebes. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear câncer colorretal.


3º lugar: Donuts (Rosquinhas)

Entre 35% e 40% da composição dos donuts é de gorduras trans, “o pior tipo de gordura que você pode ingerir”, alerta a nutricionista. Essa substância está relacionada a doenças cardíacas e cerebrais, além de câncer. Para completar, esses alimentos são repletos de açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares, e contém, em média, 300 calorias cada.


2º lugar: Refrigerante

Michelle conta que, de acordo com uma pesquisa do Dr. Joseph Mercola, “uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína, além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos”. “Somente isso já deveria fazer você repensar seu consumo de refrigerantes”, diz a nutricionista.

Além disso, essa bebida é extremamente ácida, sendo necessários 30 copos de água para neutralizar essa acidez, que pode ser muito perigosa para os rins. Para completar, ela informa que os ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo refrigerante, enfraquecendo os ossos e podendo levar a doenças como osteoporose, obesidade, cáries e doenças cardíacas.


1º lugar: Refrigerante Diet

“Refrigerante Diet é a minha escolha para o Pior Alimento de Todos os Tempos”, diz Michelle. Segundo a nutricionista, além de possuir todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões diet contêm aspartame, que agora é chamado de AminoSweet. De acordo com uma pesquisa de Lynne Melcombe, essa substância está relacionada a uma lista de doenças, como ataques de ansiedade, compulsão alimentar e por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insônia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.

“Os efeitos do aspartame podem ser confundidos com a doença de Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus de Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou Gehrig, síndrome de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla, e pós-pólio. É por isso que eu dou ao Refrigerante Diet o prêmio de Pior Alimento de Todos os Tempos”, conclui.

Evite-os.

11/09/2011

Leite integral de vaca possui substância que protege o coração


Um tipo de gordura presente no leite de vacas alimentadas com pasto pode diminuir o risco de infartos, segundo pesquisa publicada no "American Journal of Clinical Nutrition".

A versão integral do leite contém uma gordura insaturada chamada ácido linoléico conjugado (CLA, na sigla em inglês) que, além de proteger o coração, ajuda a emagrecer.

Os pesquisadores da Harvard School of Public Health, em Boston (EUA), analisaram dados de 4.000 pessoas. Os 5% com maior concentração de CLA no corpo tiveram 36% menos risco de infarto do que os com menor concentração.

A líder do estudo, Hannia Campos, diz que esse benefício pode compensar os danos causados pela gordura saturada presente no leite integral.

Como nos EUA a maior parte das vacas é criada em confinamento e não no pasto, os pesquisadores coletaram dados na Costa Rica, onde a regra ainda é a criação extensiva.

Eles identificaram 2.000 costa-riquenhos que tiveram infartos não fatais e outros 2.000 que não tiveram e mediram a quantidade de CLA em seus tecidos gordurosos. Quando isolado das outras gorduras, o CLA diminuiu em até 49% o risco de infarto.

"Leite integral e laticínios em geral ficaram com uma reputação muito ruim nos últimos anos, por causa da gordura saturada e do colesterol, e agora descobrimos que o CLA pode ser ótimo para a saúde", disse Michelle MacGuire, da American Society for Nutrition, que publicou o estudo. "O leite integral não é o vilão."

Mas, lembrem-se que isso vale para leite proveniente de vacas criadas soltas em pastos, o que não é a regra para a maioria dos leites que temos disponíveis no mercado.

Dra. Priscila Rosa Pereira.

10/09/2011

NUGGETS: O Alimento proibido!



Principais ingredientes:

CARNE DE FRANGO, FARINHA DE ROSCA, PELE DE FRANGO, GORDURA VEGETAL, ÁGUA, FARINHA DE ARROZ, MARGARINA, FARINHA DE TRIGO ENRIQUECIDA COM FERRO E ÁCIDO FÓLICO, PROTEÍNA ISOLADA DE SOJA, SAL, PROTEÍNA TEXTURIZADA DE SOJA, AMIDO ERITORBATO DE SÓDIO, REALÇADOR DE SABOR GLUTAMATO MONOSSÓDICO, ESPESSANTE GOMA GUAR E CORANTES NATURAIS PÁPPRICA, URUCUM E CÚRCUMA. CONTÉM GLÚTEN.


EFEITOS NO SEU ORGANISMO:

Farinha de rosca, farinha de arroz e farinha de trigo - podem ser alergênicos, provocar inflamação intestinal, são refinados de alto indice e carga glicêmica, indutores de hiperglicemia, hiperinsulinemia, hipertrigliceridemia, obesidade, hiperatividade, perda de memória, glicação e perda de função renal.

Pele de frango - alto teor de colesterol.

Gordura vegetal e margarina - gordura hidrogenada causadora de inflamação sistêmica, obesidade, hipercolesterolemia, doenças autoimunes, câncer, doenças neurológicas como depressão, entre outras.

Eritorbato de sódio - Conservante hipertensivo e altamente carcinogênico, já proibidos em alguns países.

Glutamato monossódico - realçador de sabor, hipertensivo, causador de hipertividade, insônia, cefaléia intensa.

Além disso, a forma de apresentaçaõ induz ao consumo rápido e exagerado pois é pequeno e de fácil acesso, sem a necessidade de pausa para fazer corte, ou seja, induz à má digestão, disbiose intestinal, refluxo gastroesofágico e obesidade.

Dra. Pâmela Rosa Pereira.

09/09/2011

Depilação com Cera Quente!



A DUE apresenta mais um serviço essencial para a beleza e higiene dos seus clientes. A depilação com cera já é um método consagrado e bastante conhecido, mas existem alguns cuidados que fazem toda a diferença no resultado.


A cera quente é um dos métodos depilatórios menos doloridos, pois a aplicação da cera quente na pele já faz uma dilatação nos poros, fazendo com que a sensação de dor na hora de puxar a cera seja menor. Além disso, é um método muito eficaz contra a foliculite (inflamação do folículo piloso). A maior causa de aparecimento de foliculite nesse método é quando a cera é reciclada ou reutilizada. Ao aplicar a cera quente na pele e dilatar os poros, algumas bactérias podem permanecer grudadas na cera e serem transmitidas de uma pessoa para outra. Não apenas a cera, mas todos os materiais envolvidos no procedimento devem ser descartáveis.


A escolha da cera é outro passo importante, que deve ser feita de acordo com o tipo de pele do(a) cliente. Existem ceras específicas para pele clara e escura, sensível e normal, e assim por diante. A depilação com cera dura entre 15 dias para os pêlos mais grossos e até 30 dias para os pêlos mais finos e claros.


A depilação com cera é realizada pro profissional Cosmetologista e Esteticista qualificada. O atendimento é para o público feminino e masculino. O atendimento é em sala aconchegante, climatizada e totalmente privativa.


Qualidade DUE!

08/09/2011

Farinhas: qual escolher?



A cada dia surgem mais e mais farinhas nas lojas de produtos naturais: farinha de banana verde, de feijão, de berinjela....e muitas pessoas se perguntam: para que serve? Qual escolher?

Vamos lá....
É muito interessante usar a farinha para diminuir o açúcar e gordura no sangue, ou seja, ajuda na prevenção de controle de diabetes, colesterol e por isso, ajuda a emagrecer! Outro fato importante, é que toda fibra, tem fibra insolúvel e solúvel na composição. Fibra insolúvel vai ajudar o intestino funcionar e a outra fibra, vai promover saciedade, tirando um pouco a fome! Então, só tem benefícios!

Você encontra nas lojas de produtos naturais: farinha de beringela, farinha de linhaça, farinha de banana verde, farinha de brócolis, farinha de maçã, farinha de maracujá, farinha de laranja amarga, farinha de uva e farinha de feijão branco.
Vejamos a especificidade de cada farinha:


Farinha de linhaça dourada: Além das fibras, a pequena semente é riquíssima em ômegas 3 e 6, vitaminas, minerais e proteínas. Ajuda, ainda, no rejuvenescimento celular e na prevenção de doenças cardiovasculares. É também fonte poderosa de fitoestrógeno, que, segundo estudos, protege contra o câncer de mama.

Farinha de berinjela - função hepática, indicado para esteatose, dislipidemia (colesterol elevado)

Farinha de banana verde - rica em amido resistente, auxilia na função intestinal, principalmente para quem toma antibiótico e precisa tomar lactobacilos. Importantíssima como reguladora intestinal e também ajuda muito na saciedade e controle de glicemia.

Farinha de brócolis - rica em antioxidantes, previne envelhecimento precoce.

Farinha de uva - rica em antocianina, um poderoso antioxidante.

Farinha de feijão branco: contém a faseolamina, uma proteína de reserva, é a responsável pela ação emagrecedora.

Farinha de maracujá - controla glicemia, indicada para diabéticos.

Farinha de maçã - contém pectina, que promove saciedade

Farinha de laranja - contém citrus aurantium, que acelera o metabolismo local de gordura corporal, indicada para quem malha.


Dica:
Como ingerir a farinha: 1 colher de sopa, diluir em líquidos, água, suco ou chá (o melhor é liquidificar) e ingerir 3 vezes ao dia antes das refeições.
É possível também fazer uma misturade várias farinhas, guardar em um pote de vidro e usar em sucos, sopas, saladas e refeições.

Dra. Pâmela Rosa Pereira

07/09/2011

Novidade: RAWTELLA o irmão saudável do Nutella


olha o que diz o site:

http://www.rawtella.com/


Rawtella é verdadeiramente um produto artesanal. Cada passo no processo envolve pessoas ligadas ao seu ofício. Dos pequenos agricultores que cultivam os ingredientes provenientes de todo o mundo, para os artesãos que fazem Rawtella chocolate em pequenos potes, cada passo no processo é considerado cuidadosamente para lhe proporcionar o melhor chocolate de avelã do mundo. Rawtella é simplesmente uma obra de arte comestível.


Principais Benefícios:
Ricos em antioxidantes
Organico e natural
Apenas 3 ingredientes orgânicos no pote.
Avelãs inteiras - não apenas pedaços ou em pó
Nossas avelãs são frescas e suavemente desidratadas por máxima nutrição e sabor
Espalha-se facilmente como uma manteiga cremosa de amêndoas
Adoçado com açúcar de coco verdadeiramente cru, que é refinado e com menor índice glicêmico que o açúcar
Rica em minerais naturais
Anti-oxidante
Original Rawtella é para os amantes de dark chocolate (já falei dele aqui!)
Fabricado com ingredientes orgânicos
Sem glúten
Sem adição de sal
Sem adição de óleos
Selado em frascos de vidro
20 + avelãs em cada frasco
6-8 porções por frasco
Gordura – 17g (8g saturated, 0g trans fat)
Sodio – 0mg
Total carboidrato – 7g (3g fiber, 1g sugars)
Proteinas – 3g

Dra. Pâmela Rosa Pereira

06/09/2011

PILATES X DOR LOMBAR


Dor lombar é uma das causas mais comuns de problemas relacionados ao trabalho nas grandes cidades. Entre eles está também, com o maior índice de reclamações, a dor de cabeça. Nas grandes cidades você vai encontrar milhares de pessoas com diferentes níveis de desconforto lombar.

Pesquisas recentes confirmam a eficácia dos exercícios de Pilates para a dor lombar. De acordo com um pequeno estudo controlado no Journal of Orthopaedic & Sports Physical Therapy (2006; 36 [7], 472-84), os participantes que praticaram Pilates durante quatro semanas sentiram o alívio de suas dores mais rapidamente do que aqueles que passaram por programas de tratamento padrão.

A crescente popularidade do Pilates dentro do contexto terapêutico incentivou pesquisadores da Queen’s University, no Canadá, a testar se o Pilates realmente é capaz de melhorar a condição dos pacientes. Os pesquisadores selecionaram 39 pessoas, de 20 a 55 anos, com dor lombar crônica. O grupo foi dividido. Uma parte teve sessões de Pilates e outro grupo recebeu os cuidados habituais fornecidos para pessoas que procuram ajuda médica para a dor lombar. (“O cuidado habitual” inclui uma consulta com um médico e outros profissionais de saúde e especialistas como fisioterapeutas)

Posteriormente foi revelado que os participantes do Pilates tinham níveis significativamente menores de incapacidade e intensidade da dor do que os pacientes que foram submetidos ao tratamento habitual (medicação + fisioterapia). Um ano mais tarde os participantes mantiveram sua melhora física com o Pilates.

Esta pesquisa ressalta a importância de se manter atualizado com os avanços educacionais no campo do Pilates. Quanto mais você aperfeiçoar seus conhecimentos, melhor você é capaz de ajudar as pessoas a encontrar o bem-estar e o equilíbrio corporal.

PILATES é saúde, bem-estar, qualidade de vida e boa forma!
Agende já sua aula experimental na DUE e sinta no corpo os efeitos do PILATES!


Dra. Pâmela Rosa Pereira

05/09/2011

Dica da DUE:


Hoje a dica é o Gtea, um chá verde com uva verde, kiwi e pêra.

Esse chá tem efeito termogênico, graças ao chá verde (acelera o metabolismo e auxilia na queima de gordura, além de dar mais disposição para exercícios), efeito antioxidante (protege os vasos sanguíneos e previne o envelhecimento celular) e diurético (ajuda a eliminar toxinas e desinchar). E além disso tudo, é uma delícia!!!

Ele tem ZERO CALORIAS! E um monte de Vitamina C (30% da recomendação diária)!

Beba durante o dia todo, super gelado. É viciante!

PILATES X DIABETES



Pilates desenvolve um Papel importante na prevenção e controle da Diabetes Mellitus, já que ajuda a controlar o peso e diminuir o nível de açúcar no sangue.

A diabetes é uma desordem do metabolismo, o processo que converte o alimento que ingerimos em energia. Durante a digestão os carboidratos são absorvidos pelo corpo em forma de glicose. A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, é o fator mais importante neste processo. O diabético não produz a quantidade necessária de insulina, por outro lado, a glicose em vez de transformar-se em energia se acumula no sangue ocasionando graves problemas.

Para o diabético é importante fazer exercícios, no entanto, deve cuidar da intensidade e do tipo de exercícios que realiza. A pessoa com diabetes deve ser avaliada de forma adequada antes de entrar em qualquer exercício físico. O exercício sem supervisão pode ter efeitos negativos, por exemplo, levantar peso demais aumenta a pressão nos vasos sanguíneos dos olhos. Da mesma forma outras pessoas podem ter problemas com os nervos dos pés ou das pernas, e estão suscetíveis a lesões.

Pilates é recomendado especialmente para pessoas cujo a saúde não permite praticar esportes e atividades fortes e com risco de gerar lesões. Pilates não requer grande força física nem de longas horas de exercício, e é de baixo impacto.

Os exercícios aeróbicos e anaeróbicos ajudam a melhorar os níveis de glicose no sangue. No exercício aeróbico, o primeiro elemento que se consome é a glicose já convertida. No exercício enaeróbico (PILATES), é feita a queima de carboidratos (antes de ser convertido em glicose) e gordura mais rápido aumentando o gasto das calorias, ou seja, ajudam a melhorar a combustão da glicose e isto muda a maneira com que o corpo reage a insulina, aumentando a sensibilidade do corpo ao mesmo.

Os altos níveis dos hormônios provenientes da tensão aumentam o nível de açúcar no sangue. O Pilates pelo contrário pode ajudar a melhorar sua saúde baixando o nível de estresse.

Pilates reduz o risco de problemas do coração que é um dos sintomas freqüentes das pessoas que tem diabetes. Melhora a circulação arterial, prevenindo de problemas cardíacos, a função intestinal, a circulação nos membros inferiores, reduzindo o mau colesterol e elevando o bom, mantendo os ossos fortes, reduzindo o risco de quedas, aumenta a energia e ajuda a manter a estabilidade emocional.

O Pilates pode ser um elemento importante no controle de diabetes. No entanto, o diabético deve cuidar de sua alimentação e seguir rigorosamente as recomendações médicas.

Fonte: planetapilates.com

Dra. Pâmela Rosa Pereira

04/09/2011

Fuja do sol e consiga um efeito bronze com a maquiagem

Você adora aquela aparência de quem ficou horas tomando sol, mas não teve tempo ou prefere não abusar da exposição ao sol? Uma maquiagem bronzeadora bem feita pode garantir ares bronzeados à sua pele.


Usar produtos específicos para bronzeado e saber como aplicá-los corretamente na pele para não parecer falso pode fazer com que qualquer um jure que você esteve curtindo uma praia ensolarada. Caso não possa comprar esses produtos específicos, pode recorrer ao blush espalhando-o nas maçãs do rosto, testa e nariz, mas isso irá garantir apenas um efeito corado, não bronzeado.

A maquiagem exige a limpeza correta da pele antes de sua aplicação, para não derreter e o uso do protetor solar deve ser mantido, embora hoje alguns cosméticos já ofereçam maquiagem com fator de proteção o que facilita o make-up.


Maquiagem bronzeada:

Passe uma base do tom da sua pele ou um tom acima, espalhando bem para uniformizá-la. Lempre de espalhá-la pelo pescoço para evitar diferença de cor. Depois aplique o corretivo um tom abaixo do da base nas manchas ou marcas.

Depois, espalhe uma camada bem fina de pó com efeito bronzeador um tom acima do da sua pele por todo rosto, pescoço e colo. Isso dará um toque natural à maquiagem. Uma segunda camada é aplicada com um pincel largo, após a primeira mão secar, nas áreas que normalmente tomam mais sol como as bochechas, testa e ponta do nariz, para ficar mais natural. Cuidado ao aplicar nas regiões próximas aos cantos do nariz e ao redor dos lábios para não deixar excessos que podem comprometer o resultado.

Passe na pele um pincel limpo para uniformizar a maquiagem e retirar o excesso. A escolha da cor do pó deve ser cuidadosa! Apenas um tom acima do da sua pele normal, senão fica feio. Lembre-se que não é para "bronzear" só o rosto. Para ficar natural passe o pó no pescoço e colo também!

Muitos pós bronzeadores contêm pigmentos dourados que dão um leve brilho à pele, o que fica muito bonito principalmente nos looks para a noite.

O blush cor-de-rosa, como em toda maquiagem de verão, é praticamente obrigatório para “corar” o rosto, ele deve ser aplicado nas maçãs do rosto, nariz e testa.

Para compor um visual que transmita a ideia de naturalmente bronzeada, aposte nas sombras preta, marrom ou dourada para a noite. Para o batom, vá de nude ou rosa cor de boca.

Aplique iluminador na parte externa dos olhos, para dar mais luz ao olhar.


A maquiagem bronzeadora pode ser usada por todas as mulheres: branquinhas, morenas, ruivas, negras, orientais...e em qualquer estação do ano. A dica é não exagerar na quantidade do produto para não parecer que está de 'máscara'.

Veja algumas opções de produtos:



1- Pó Efeito Bronze Artdeco
2- Base Líquida Soleil Vult
3- Pó Compacto efeito Bronzeado Natura
4- Pérola de Efeito Bronzeado para Rosto e Corpo Avon.
5- Fluido Iluminador O Boticário
6- Summer bronze gel tonalizante Avon
7- True Bronze pó solto clinique
8- Pó compacto duo soleil da Vult
9- Mosaico Avon

Experimente!

03/09/2011

Stress: ele aumenta o cortisol e engorda!


O hormônio cortisol pode ser o grande culpado de seu corpo não responder aos esforços que você faz na academia. Em excesso, o cortisol provoca retenção de líquido e acúmulo de gordura.

Cortisol é um hormônio que possui várias funções no organismo. Em situações de perigo ele é liberado na circulação em grande quantidade e é capaz de nos deixar em condições de agir com a rapidez necessária diante do perigo. Numa situação de stress ao organismo(qualquer situação que agrida o equilíbrio do corpo, como uma lesão, infecção, doença...) ele também age ajudando nossas defesas a lutarem contra o agente agressor, sempre tentando nos levar de volta ao estado de saúde perfeita. O problema, como em tudo, é o excesso.

O excesso de cortisol, desencadeado principalmente pelo stress contínuo, faz as glândulas supra-renais trabalharem mais e, em excesso, provocam retenção de líquido e acúmulo de gordura. Esse stress contínuo pode ser devido a situações de perigo ou de ansiedade constantes às que a pessoa fica exposta no seu dia-a-dia, como por exemplo, alguém que trabalha como policial e enfrenta muitas situações de luta e perseguição; ou alguém que trabalha no trânsito e vive sob tensão; ou mesmo, o que é bem comum hoje em dia, alguém que está sempre sob cobrança de prazos e resultados e mal consegue dormir.

Acontece que quando o corpo está em estado de alerta causado pelo cortisol, isso causa a diminuição da queima calórica no intuito de poupar energia para o caso de algum perigo ocorrer (seu corpo responde ao stress do trabalho ou do trânsito da mesma maneira que responderia ao stress de estar num campo de batalha na guerra). Nosso cérebro não distingue ameaças ou perigos reais de imaginárias.

Outro efeito negativo do cortisol é que ele ativa o sistema de recompensa do cérebro que atua no controle do gasto e do acúmulo energético e no metabolismo da glicose e das gorduras. Se estimulado constantemente, como acontece no caso de stress crônico, gera aumento de apetite e facilita o armazenamento de gordura.

Outro agravante é que o cortisol é capaz de modificar o paladar. Isso mesmo. Pessoas estressadas tendem, a buscar 'conforto' em alimentos calóricos e gordurosos, como doces e frituras.

Isso se explica porque carboidratos simples se transformam rapidamente em energia e elevam a serotonina, substância que proporciona bem-estar.


Para baixar os níveis de cortisol, as medidas são simples:

- Pratique exercícios físicos com regularidade: eles aumentam a endorfina, que proporciona bem-estar, e reduzem o estresse.

- Tenha cuidado dobrado com a alimentação: para controlar a liberação de cortisol é importante comer logo após acordar e logo depois dos exercícios. O café da manhã garante níveis adequados de cortisol ao longo do dia, pois é o horário em que ele tem sua produção mais acentuada.

- Durma bem: durante o sono o cortisol atinge seus níveis mais baixos e o GH (hormônio do crescimento) está no seu nível mais alto. Sem dormir bem a produção desses hormônios, ficará prejudicada e isso dificultará a formação da massa muscular, e quanto menos massa muscular, menor a queima de gorduras.

- Consuma menos cafeína: a cafeína aumenta os níveis de cortisol. Para isso basta o consumo de 2 a 3 xícaras de café. Cuidado, não é só o café que possui cafeína: o chá preto ou o verde, o mate e os refrigerantes com cola possuem quantidades consideráveis de cafeína em sua composição.


Trânsito, filhos, trabalho, prazos, provas, mudanças, contas...tudo isso causa sintomas de stress na maioria das pessoas. Ter habilidade para lidar bem com o stress reduz o risco de desenvolver várias doenças, além de reduzir o acúmulo de gordura abdominal. Isso porque além de aumentar o apetite e reduzir o gasto energético, o hormônio cortisol facilita o acúmulo de gordura no abdome.

O cortisol é o responsável pela necessidade de comer muitos doces ou comidas mais calóricas depois de uma situação estressante como, por exemplo, ficar uma hora parado no engarrafamento, ter uma discussão ou quando ficamos muito tempo sem comer.

Passado o sufoco, o cortisol “pede” fontes de energia rapidamente disponíveis como macarronada, barras de chocolate, potes de sorvete e outras guloseimas repletas de gorduras e carboidratos.

Além das influências sobre o cortisol, o estado de stress prolongado pode levar a resistência à insulina, diminuição a libido, infertilidade, aumento do colesterol, da pressão arterial e dos triglicérides.

O círculo vicioso em que o stress e o aumento de peso alimentam um ao outro sem parar pode diminuir com o relaxamento. "Quando o corpo relaxa, os genes que fazem engordar são desativados e, por outro lado, aqueles que propiciam o emagrecimento são ativados. Assim o metabolismo é estimulado, a queima de gordura aumenta e há maior perda de peso”, diz o endocrinologista e professor de medicina da USP, Alfredo Halpern.

Gente, relaxar é preciso para vivermos mais, melhor e mais magros!

Dra. Priscila Rosa Pereira.

02/09/2011

Dica: mais disposição no esporte



Durante a atividade física, há um aumento no consumo de energia. Por isso, é preciso atenção para não faltar o combustível certo.

Caso isso ocorra, o organismo começa a usar a proteína de seus próprios músculos, causando perda de massa magra.

O combustível preferido pelo corpo durante o exercício é o glicogênio, cuja principal fonte são os carboidratos. Por isso é importante consumi-los antes e depois de se exercitar. O consumo de alimentos com alta carga glicêmica (como o pão branco ou os sachês de carboidratos) é indicado, uma vez que eles vão liberar energia rapidamente para o corpo.

A hidratação é ainda mais essencial durante a realização de atividade física, pois o corpo perde água para regular a temperatura e, com ela, substâncias como o potássio e o sódio.

Proteínas tem papel fundamental na regeneração das fibras musculares rompidas durante as atividades de força. Mas o consumo não precisa exceder 1,3g de proteína por quilo de peso corporal.

Dra. Pâmela Rosa Pereira.

01/09/2011

Polêmica sobre Latisse: manchas e outros efeitos colaterais


Após uma matéria muito confusa que foi ao ar no Jornal Bom Dia Brasil da Rede Globo semana passada, a Allergan, fabricante do Latisse, publicou este posicionamento:

POSICIONAMENTO DA ALLERGAN A RESPEITO DA MATÉRIA “COLÍRIO USADO PARA AUMENTAR OS CÍLIOS OFERECE RISCOS ÀS MULHERES” VEICULADA NO PROGRAMA BOM DIA BRASIL

A Allergan considera de extrema importância disponibilizar este posicionamento em respeito aos muitos pacientes que estão em uso de LATISSE® e LUMIGAN® com benefícios e resultados satisfatórios, bem como aos médicos, que vêm obtendo sucesso nestes tratamentos. Acreditamos ser importante não criar alarde em se tratando de saúde, já que o profissional mais adequado para saber equilibrar riscos e benefícios de qualquer tratamento proposto – já que todos os medicamentos os possuem – é sempre o médico especialista.

Sendo assim, vale esclarecer os seguintes pontos veiculados na matéria de hoje:


Sobre o acesso a medicamentos de venda sob prescrição médica:

- Em relação ao acesso a medicamentos, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) vem tratando do tema com bastante atenção.

- A Allergan segue à risca as regulamentações da ANVISA. Todas as informações sobre os medicamentos comercializados pela empresa são exclusivamente endereçadas à classe médica. Somos totalmente contrários e jamais incentivamos de forma alguma a prática de vender medicamentos que necessitam prescrição médica sem as mesmas em farmácias, uma vez que isso coloca em risco a segurança de pacientes no uso de produtos farmacêuticos – já que todos possuem eventos adversos.

- O tema em questão e foco da matéria é algo maior, tanto em relação à informação e educação dos pacientes, quanto ao cumprimento das normas estabelecidas pela ANVISA por parte dos estabelecimentos comerciais.


Sobre os produtos da Allergan mencionados na matéria:

- Nossos produtos mencionados na matéria são medicamentos que requerem prescrição médica e são dois medicamentos distintos, o que fica por vezes confuso na matéria.

- Um deles é o medicamento LUMIGAN®, colírio indicado para o tratamento do glaucoma e cuja aplicação requer que seja instilado diretamente nos olhos. Geralmente, o tratamento do glaucoma, por se tratar de uma doença crônica, requer o uso contínuo do medicamento. Estudos realizados com anos de uso de LUMIGAN® mostraram a incidência menor que 1,5% de casos de mudanças na pigmentação da íris, ou seja, mesmo quando instilado diretamente dentro dos olhos, por anos de uso, a quantidade de casos apresentados foi muito baixa em relação à população tratada para o glaucoma.

- Já o outro medicamento citado na matéria, LATISSE®, que embora tenha em sua composição o mesmo princípio ativo de LUMIGAN®, possui forma de aplicação totalmente distinta - com pincéis estéreis, na pálpebra superior -, ou seja, jamais entrando em contato direto com os olhos. A quantidade de medicamento que entra em contato com a pálpebra superior é em torno de 5% de uma gota, o que resulta em um perfil de eficácia e segurança exclusivo para LATISSE®.

Vale ressaltar que estes 5% são aplicados topicamente fora dos olhos. Por isso, fica fácil entender que, nos estudos clínicos realizados com LATISSE®, não houve casos de mudança na pigmentação de íris. Infelizmente, estes esclarecimentos não são prestados na matéria, mas certamente os médicos especialistas (dermatologistas, cirurgiões plásticos, oftalmologistas e outras especialidades médicas que cuidam de saúde e beleza) possuem informações a respeito.

- Justamente por terem formas de aplicação distintas, possuem reações adversas diferentes e estão aprovados pela ANVISA e outras agência regulatórias mundiais como dois medicamentos diferentes, com formas de uso, resultados e
eventos adversos diferentes.


Sobre o testemunho da paciente entrevistada:

- Paira a dúvida de que o medicamento utilizado pela paciente na matéria é de fato um medicamento da Allergan, já que há outros produtos aprovados para o tratamento do glaucoma que também relatam em bula incidência maior de pigmentação da íris.

- A matéria dá a entender que a paciente possui glaucoma e apresentou eventos adversos ao longo do tratamento. Na sequência, é mencionado outro medicamento – que possui forma de aplicação e indicação aprovada para uso totalmente distinto.

Estas idas e vindas apresentadas ao longo da matéria confundem as informações a respeito de cada medicamento tratado.

- Certamente, o médico desta paciente deveria esclarecer a respeito dos benefícios que o fizeram manter um tratamento para o glaucoma – 1ª causa não-reversível de cegueira no mundo – em comparação ao surgimento de eventos adversos como “parecer maquiada”, conforme relatou a paciente na entrevista.

Esperamos assim, esclarecer alguns pontos e reforçar nosso compromisso em manter a classe médica munida das mais recentes informações científicas.


(São Paulo, 24 de agosto de 2011.)


Eu assisti a matéria e realmente ficou bem confusa e tendenciosa. Não foi esclarecedora. Só falava dos possíveis efeitos adversos da medicação, e falava como se eles fossem SEMPRE ocorrer e não que eles podem ou não ocorrer, e que aliás, ocorrem numa minoria de casos. Também não falava que o colírio usado para glaucoma, que é pingado diretamente dentro dos olhos, tem mais riscos de causar efeitos como a pigmentação da íris, que o Latisse, que é passado somente nos cílios superiores.

Eu uso o produto há 3 meses e nunca apliquei-o de forma que entrasse em contato direto com os olhos, logo, nunca tive nenhum efeito adverso. Matérias jornalísticas devem ser esclarecedoras e não emburrecedoras. Tem que ser dada a informação correta para que a pessoa possa decidir baseada em fatos.

A verdade é que se for aplicado corretamente, conforme indicado, o Latisse não mancha os olhos de ninguém.

Tempere sua salada e veja como ela pode ficar uma delícia!

Varie nos temperos para deixar sua salada mais atraente e nutritiva: ervas, molhos e condimentos dão aroma, sabor e saúde ao seu prato.

Componentes mais do que indispensáveis em qualquer tipo de salada, os molhos, temperos e ervas enchem o prato de sabor e dão aquele colorido todo especial à comida. Além de fazer um bem enorme à saúde. Escolha a salada de sua preferência e coma à vontade.

As folhas apresentam baixíssima quantidade calórica devido à elevada quantidade de água. Além disso, por ser rico em fibras, o prato dará maior saciedade, evitando que cometa algum excesso entre as refeições. Porém, cuidado com os molhos. Prefira os mais leves à base de iogurte, azeite e outros mais saudáveis.

Confira 10 dicas para deixar sua salada ainda mais turbinada e gostosa:

Azeite: na onda das dietas ricas em gorduras do bem, o azeite faz o maior sucesso e não é por acaso. Rico em vitamina E, antioxidante essencial a saúde, ele compõe o grupo das monoinsaturadas, que fazem bem para saúde do coração. Muitas pesquisas têm relacionado ainda, o consumo regular do azeite a efeitos bactericidas, a efeitos analgésicos e a efeitos preventivos, em casos de fraturas e vários tipos de câncer (como os de cólon e mama).

Vinagre: além de saboroso, ele tem propriedades medicinais importantes como baixo valor calórico e substâncias antioxidantes que o tornam um coadjuvante contra a hipertensão e a má digestão. Um estudo da Universidade de Michigan (EUA) sugeriu que consumir cerca de 4 colheres de chá (20 mililitros) de vinagre branco por dia reduz em 30% a resposta glicêmica do organismo, regulando os níveis de insulina no sangue.

Molho branco: embora muito saboroso, o molho branco é extremante calórico por combinar queijo e creme de leite, por isso, ou evite consumi-lo em grande quantidade ou opte por uma versão light, substituindo os produtos mais calóricos. Troque o creme de leite por iogurte natural e o queijo por outro mais magro, como o branco.

Hortelã: refrescante e leve, combina com tomate, pepino, iogurte e abobrinha. Além de seu sabor e refrescância, é um excelente remédio para os males do estômago.

Coentro: as sementes de coentro sempre foram conhecidas como especiarias de caráter curativo. Na Europa, elas são chamadas de "planta anti-diabética" e na Índia são utilizadas por suas propriedades anti-inflamatórias. Nos EUA, as sementes estão sendo estudadas por sua capacidade de reduzir o colesterol. As sementes de coentro também funcionam como um estimulante para o estômago e o intestino, o que faz delas uma iguaria para ser consumida como aperitivo antes das refeições.

Manjericão: a erva fresca e aromática só deve ser adicionada ao final das preparações depois de terminado o cozimento ou em pratos frios para sofrer danos.

Açafrão: o pó de cor amarelada ou avermelhada confere cor e sabor ás saladas. Cai bem misturado ao vinagrete e em molhos em geral.

Molho de iogurte: além de ser mais saudável e nutritivo, ele dá um gosto azedinho e refrescante a sua salada. Opte pelo iogurte light com baixo teor de gorduras. Mais que um molho com poucas calorias, ele é uma fonte de cálcio importante e pode prevenir problemas futuros com os ossos. Sugestão: ¼ de copo de iogurte natural; ½ lata de creme de leite light; sal, pimenta do reino e orégano a gosto; 01 colher (café) de molho de soja. Modo de Preparo: junte os ingredientes do molho. Bata por 5 minutos. Tempere a salada. Sirva gelada. Calorias: 39 Kcal.

Páprica: é o pó que se extrai da pimenta ou do pimentão desidratado, conferindo um toque apimentado às saladas.

Salsinha: a salsinha é rica em vitaminas A e C. Ela é ótima para aliviar dores no estômago e eliminar gases do estômago e intestino. Esta hortaliça atua nos distúrbios urinários por ser um diurético natural, que ajuda os vasos sanguíneos a eliminarem o excesso de líquido.