3 de fev de 2012

Estresse afeta equilíbrio das bactérias do intestino


O estresse é capaz de modificar o equilíbrio das bactérias que vivem no intestino humano e, com isso, diminuir a defesa do organismo. Essa é a conclusão de um estudo publicado na revista científica Brain, Behavior and Immunity.


De acordo com Michael Bailey, pesquisador da Universidade Estadual de Ohio e coordenador do estudo, a exposição ao estresse modifica a composição, a diversidade e o número dos microorganismos naturais do intestino.


Essas bactérias afetam a função imunológica (defesa do organismo), o que ajuda a explicar porque o estresse desregula a resposta imunológica.


O que ocorre, segundo Bailey, é que as comunidades de bactérias no intestino se tornam menos diversificadas, abrindo espaço para os microorganismos prejudiciais à saúde. De acordo com Bailey, ao utilizar antibióticos, o paciente reduz o número de bactérias no organismo. Nessa situação, o estudo mostrou que os efeitos do estresse sobre a imunidade são bloqueados.

A pesquisa indica que, além do estresse modificar os níveis de bactérias, essas alterações atingem nossa imunidade.


Dra. Pâmela Rosa Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário