2 de fev de 2012

Mesoterapia ou Enzimas = sucesso no tratamento da gordura localizada e celulite!


A mesoterapia, ou intradermoterapia, ou ainda conhecida como aplicação de enzimas, é uma técnica francesa utilizada no tratamento de celulite, gordura localizada, flacidez e estrias, por meio da aplicação de um coquetel de medicamentos, com diferentes mecanismos de ação que promovem a diminuição de gordura no local tratado. Também podem ser aplicadas substâncias que agem contra celulite, flacidez, estrias ou até mesmo, que estimulem o crescimento capilar. Ela só pode ser feita por um médico.

Se um medicamento é ministrado por via oral ou por injeção endovenosa, ele circula pelo sistema vascular atingindo todos os órgãos. Embora um produto possa se concentrar mais em determinados órgãos, de maneira geral se distribuem por todo o corpo. Só uma pequena parte do medicamento vai para o órgão alvo, onde existe o problema. Portanto, da dose total recebida, apenas uma fração chega até o local que está doente. Por exemplo, se um paciente tem uma “inflamação” no joelho e recebe um anti-inflamatório, a medicação vai se distribuir por todo o corpo, atingindo os pulmões, o fígado, o outro joelho, enfim todo o organismo, e só uma pequena parcela vai atingir o joelho doente.

A dose do medicamento é calculada baseada na parcela que age no ponto que está doente, e o restante acaba sendo inútil. O princípio básico da Mesoterapia é a aplicação de medicamentos, próximo ao local onde vão agir. Então se a medicação é aplicada no local, estará presente no ponto alvo em altas doses, e quando é absorvida e distribuída pelo organismo , se dilui e tem seu efeito muito diminuído para os outros órgãos. Então, uma pequena quantidade aplicada no local alvo terá uma forte ação neste local, e quando absorvida e distribuída no resto do organismo haverá uma diluição e seus possíveis efeitos colaterais serão muito diminuídos.

É óbvio que esta técnica não substitui qualquer dos tratamento convencionais, mas tem algumas aplicações muito específicas onde pode ser útil. Portanto, a mesoterapia é apenas uma maneira de administração de medicamentos. Pode ser excelente , ou inútil ou até prejudicial dependendo de quem realiza o tratamento (que deve ser sempre um médico treinado e habituado com a técnica), do tipo de medicamento aplicado, do problema a ser tratado e do órgão alvo onde foi feita a aplicação.

Os medicamentos usados em mesoterapia são lipolíticos, ou seja, liberam a gordura do tecido. Esta gordura tem que ser consumida. O exercício provoca o consumo desta gordura liberada, que não será reposta se a pessoa seguir uma alimentação saudável. Mas, se a gordura é liberada com mesoterapia, e não ocorre o consumo com exercícios, ela volta a se acumular. E também se continuarem a ocorrer os erros alimentares, nova gordura se depositará, tornando inútil o tratamento. Portanto, a mesoterapia só é eficiente associada à reeducação alimentar e à prática de exercícios.

As misturas utilizadas na mesotepia são chamadas de “melanges", que são combinações de diferentes substâncias, escolhidas pelo médico dependendo da ação desejada (queima degordura, tratamento da celulite, de estrias, de flacidez...).

As substâncias utilizadas podem ter efeito lipolítico (quebra de gordura), auxiliar na circulação sanguínea ou linfática, estimular a formação de colágeno na pele, enfim, existem inúmeros benefícios que elas podem trazer, e de acordo com o resultado buscado, o médico combinará as substâncias necessárias.

A melange aplicada, cria no ambiente uma alteração de pH, tornando-o mais propício para a ocorrência de reações químicas e para a ação de algumas enzimas, auxiliando assim na quebra de células adiposas (de gordura). Já as substâncias que agem na circulação sanguínea e linfática locais, estimularão a drenagem e retirada dessa gordura e de outras toxinas liberadas daquele local, para que sejam excretadas do organismo.

A gordura liberada das células quebradas, será levada pela circulação até o fígado, onde será metabolizada para depois ser excretada, por via urinaria ou nas fezes. Mas como dito antes, se a pessoa não tem uma alimentação saudável, essa gordura poderá voltar a se acumular em outros locais.

Os resultados dependem muito do organismo, idade e hábitos da pessoa, mas geralmente começam a ser visíveis a partir da quarta ou quinta sessão.

Este tratamento traz resultados melhores ainda se for combinado, além de uma dieta saudável e atividade física, com outros tratamentos como carboxiterapia, ultrassom ou drenagem linfática.

A mesoterapia segue protocolos de mesclas (misturas) que devem ser respeitados em dosagens e fórmulas químicas ideais, para que não ocorram efeitos colaterais indesejáveis, como necrose de tecido, edema alérgico, nódulos inflamatórios ou reações sistêmicas.

Quando aplicada por um especialista capacitado, a segurança será maior e os resultados mais confiáveis.

Quanto ao tempo de tratamento com aplicação de enzimas, cada caso deve ser acompanhado individualmente, pois não existem restrições quanto ao número de aplicações.

Quanto ao intervalo da aplicação, costuma-se recomendar de cinco a sete dias.

Existe um tratamento com aplicação de substâncias intramusculares, que também é chamado de "aplicação de enzimas", mas nesse caso o princípio é totalmente diferente.Pois as substâncias aplicadas no músculo, não terão efeito localmente, como ocorre na mesoterapia, mas sim sistêmicos. Esse tratamento também é usado para perda de peso, porém a técnica de aplicação, as fórmulas injetadas e os efeitos que ocorrem são totalmente diferentes.

Os resultados da mesoterapia são muito bons, quando a indicação é adequada para o caso, quando a aplicação é feita corretamente e quando o paciente se compromete com o tratamento seguindo as orientações dadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário