23 de fev de 2012

Niacinamida: a queridinha da vez



A niacinamida, também conhecida como nicotinamida, não é nenhuma novidade, sendo encontrada em cosméticos como sabonetes, loções e cremes, há bastante tempo. Só que para você identificá-la, tinha que pesquisar nos ingredientes da bula e lá estava ela, como uma mera coadjuvante em meio as outras substâncias ativas.

Porém agora, ela é um ingrediente que tem tudo para se destacar!

A niacinamida é uma forma ativa da niacina ou vitamina B3 (uma das oito vitaminas do complexo B) e estudos sobre ela têm mostrado uma variedade de funções quando utilizada topicamente na pele.

Vejam alguns de seus efeitos:

- Hidratação: a vitamina B3 ajuda a pele a produzir ceramidas e ácidos graxos, gorduras essenciais para fortalecer a barreira cutânea e manter a pele protegida e hidratada. Uma pele saudável (livre de irritações, vermelhidão, ressecamento...) deve priorizar por um bom mecanismo de defesa. Até mesmo inflamações como acne e sintomas de rosácea podem ser atenuados com o uso diário de niacinamida 3%. Numa comparação com a vaselina, que tem potencial umectante alto, a niacinamida mostra-se superior e com o benefício de não ser comedogênico.

- Manchas: concentrações de niacinamida entre 2 a 4% são prescritas para reduzir a hiperpigmentação e uniformizar o tom da pele. Não chega a bloquear a produção de melanina de forma eficiente como outros agentes depigmentantes (hidroquinona, ácido Kójico...), mas atua impedindo a transferência final de melanossomos (cápsulas cheias de melaninas) para as camadas externas da pele. Em contrapartida, não causa irritação semelhante a hidroquinona e nem é fotossensibilizante como os retinóides. Podemos acrescentar que ela melhora a luminosidade, melhora o rubor (devido ao fortaleciemnto da barreira dérmica) e a palidez da pele (tira o tom amarelado).

- Acne: niacinamida tem ação anti-inflamatória semelhante ao antibiótico clindamicina (um dos ativos preferidos para combater espinhas e foliculite), sendo que este a longo prazo pode causar resistência bacteriana e perder sua eficácia, enquanto que com niacinamida o mesmo não ocorre. Outra vantagem é que ela regula a secreção sebácea, mas o seu uso é mais indicado para sintomas de acne leve (grau 1) a moderada (grau 2).

- Antioxidante: o uso de niacinamida diário, em especial no período da manhã, ajuda a prevenir danos causados pela exposição ao sol e alterações no DNA da pele. Assim, a niacinamida torna-se um ingrediente que, em conjunto com filtros solares, colabora para a prevenção do câncer de pele por ser um agente anti-tumoral. Também cabe mencionar que a niacinamida estimula as células cutâneas (fibroblastos) a produzirem colágeno, dando mais firmeza à pele.

Além de tudo isso, a niacinamida melhora a textura da pele por estimular a renovação celular, regenera o tecido cutâneo e colabora com a cicatrização, tem efeito anti-glicação (quando o açúcar se fixa nas fibras da pele e as enrijecem interferindo na elasticidade).

É bem tolerado em todos os tipos de peles, mesmo as sensíveis, possuindo boa adesão quando usada junto a outros ingredientes como retinol, glicólico ou salicílico. Tem boa estabilidade na presença de oxigênio e pode ser usado em diversos tipos de produtos (sabonetes, loções, filtros solares...) e, cabe lembrar, é um ingrediente relativamente barato.

Bom, agora que você já conhece um pouco desta vitamina “mil-e-uma-utilidades” deve estar se perguntando quais os produtos que contém niacinamida, então veja alguns:

- gel Papuless da Theraskin

- produtos da linha Theracne, voltada para cuidados da pele oleosa também levam o ativo

- produtos da Retinage, linha anti-envelhecimento que conta também com um derivado da vitamina A (retinaldeído), vitaminas C e E, ácido glicólico, entre outros

- produtos da Dermage da linha Secatriz, para cuidar de peles oleosas e acnéicas

- produtos da linha Clarité, para prevenção de manchas, que reformulou a fórmula facial e incluiu a niacinamida

- produtos da Olay, da Procter & Gamble, utilizam muito a niacinamida (destaque para o Sérum Regenerist: ótima textura acetinada por causa dos silicones presentes na fórmula, acabamento primer e conta com outros agentes anti-idade e umectantes como vitamina E, chá verde, glicerina, pantenol, amino-peptídeo...)

- linha americana Nia24, ao contrário de todas as marcas já citadas aqui, esta contêm a niacinamida como o seu carro-chefe. São vários produtos com niacinamida 4%, desde hidratantes, limpadores, filtros, etc

- linha asiática Freeplus, produzida pela Kanebo, é uma marca voltada para peles muito sensíveis e que promete melhorar a barreira de proteção da pele.

(fonte: vanitypills.net)

Nenhum comentário:

Postar um comentário