18 de fev de 2012

Sedentarismo acarreta milhares de mortes no mundo todo


A inatividade física é responsável por aproximadamente 2 milhões de mortes no mundo. Anualmente, estima-se que ela seja atribuída a 10% a 16% dos casos de cânceres de colo e mama e de diabetes; e 22% das doenças isquêmicas do coração.

Nos EUA, o sedentarismo associado a uma dieta inadequada acarreta cerca de 300 mil mortes por ano, segundo informações do Center For Disease Control and Prevention (CDCP). De acordo com o programa da Organização Mundial de Saúde (OMS) - Estratégia Global para Dieta, Atividade Física e Saúde, é recomendado que indivíduos se envolvam em níveis adequados de atividade física e que esse comportamento seja mantido para a vida toda.

Diferentes tipos, frequência e duração de atividade física regular, de intensidade moderada, na maioria dos dias da semana, reduz o risco de doenças cardiovasculares, diabetes, câncer de cólon e mama.

A inatividade física não representa apenas um risco de desenvolvimento de doenças crônicas, mas também acarreta um custo econômico para o individuo, para a família e para a sociedade. Segundo dados do CDCP, só nos EUA, em 2000, o sedentarismo foi responsável pelo gasto de 76 bilhões de dólares com custos médicos, mostrando assim que seu combate merece prioridade na agenda de saúde pública.

Tá com preguiça ainda??? Não se esquça que seu futuro dependerá de suas ações de hoje!!!Não faça do exercício físico algo pesado, extenuante, dificultoso de ser seguido. O segredo é encontrar uma atividade que lhe proporcione prazer, vontade de praticar, sentindo os benefícios imediatamente após o término do seu treino.

Dra. Pâmela Rosa Pereira.