22 de abr de 2012

Ortorexia: a obsessão por comidas saudáveis

Se por um lado o hábito de ler rótulos ajuda na dieta, em excesso, pode acabar virando uma doença.

A ortorexia, transtorno alimentar caracterizado pela obsessão por comidas saudáveis, é cada vez mais comum. É resultado de uma cobrança excessiva por uma alimentação saudável. Essa história de olhar rótulos é uma faca de dois gumes. Quem tem tendência a ter algum distúrbio alimentar pode acabar desenvolvendo a doença.

Um ortoréxico precisa ter controle sobre tudo o que come e sempre procura o alimento mais natural, com a menor quantidade de gordura e de calorias. Além de olhar os rótulos, um ortoréxico costuma ler os ingredientes para saber exatamente o que tem no produto.

Percebemos que é um transtorno quando passa a interferir na vida social. A pessoa deixa de ir a certos lugares ou de participar de festas porque lá ela não poderá controlar o que come. E ela também só fica falando de calorias, de alimentos saudáveis e isso acaba afastando as pessoas ao seu redor.

A ortorexia pode ser associada a outros distúrbios alimentares, como a anorexia. Nos quadros mais graves, a pessoa faz uma "censura alimentar" tão forte que deixa de ingerir alguns grupos de alimentos e acaba ficando sem nutrientes essenciais.

O rótulo não deve ser uma prisão. Ele é um auxiliar, mas não podemos basear nossa alimentação nisso. Precisamos de gorduras e de açúcares, não podemos eliminá-los completamente da dieta.
O melhor mesmo é que a dieta seja baseada em alimentos não processados, mais naturais e sem rótulos. Essa é uma boa forma de evitar exageros e não se perder nas informações das embalagens.

Pois é...gosto de mostrar os dois lados da moeda: o importante é não ser nem 8 e nem 80! Equilíbrio é tudo na vida e na dieta!


Dra. Priscila Rosa Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário