9 de jun de 2012

Regra número 9

EVITE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS QUE TENHAM NO NOME OS TERMOS “LIGHT”, “BAIXO TEOR DE GORDURA” OU “SEM GORDURA”


A campanha de quarenta anos para criar versões com baixo teor de gordura ou sem gordura de alimentos tradicionais tem sido um fracasso: engordamos comendo produtos com baixo teor de gordura nos últimos anos. Por quê? Porque retirar a gordura dos alimentos não os torna necessariamente não engordativos.

Os carboidratos também podem engordar, e muitos alimentos com baixo teor de gordura ou sem gordura exageram nos açúcares para compensar a perda de sabor. Ao demonizarmos um nutriente – a gordura, por exemplo -, inevitavelmente damos passe livre a outro, supostamente “bom” – no caso, os carboidratos -, que então passamos a comer em excesso.

Desde o início da campanha do baixo teor de gordura, nos anos 1970, os norte-americanos na verdade comem mais de 500 calorias adicionais por dia, em sua maioria na forma de carboidratos refinados, como o açúcar.

O resultado: os homens ganharam em média quase 8 kg em relação ao que tinham no final dos anos 1970, e as mulheres, mais de 8,5 kg. Você está mais bem servido comendo o alimento genuíno com moderação que exagerando em produtos alimentícios “light” abarrotados de açúcares e de sal.