4 de jun de 2012

Quem quer ser a Barbie?



A perfeição não existe. E se existisse, ninguém iria reconhecer. Pois para cada um existe um conceito diferente do que é o belo.

Mas existem certas coisas que todos concordam, que são sim, bonitas.

Uma pele bem cuidada, seja ela mais clara ou mais escura, se não tiver manchas, diversas rugas e marcas, é sim, bela.

Um cabelo sedoso, brilhante e saudável, seja loiro ou moreno, com ou sem mechas, liso ou ondulado, curto ou comprido, desde que seja bem cuidado, é sim, muito bonito.

Olhos claros são hipnotizantes, verdes ou azuis, quem não deseja tê-los? Mas, mais lindo que a cor dos olhos é o olhar, e isso, tenho certeza que todos concordam, é pura verdade. Existem olhos castanhos que lançam olhares avassaladores e penetrantes que deixam qualquer olhar azul no chinelo.

Altura é um problema. Parece que se a pessoa é muito baixa nada fica bem nela, nenhuma roupa...nada. Mas também se é muito alta todos acham estranho. A verdade é que se trata de uma questão de proporções. Se a pessoa é super alta e tem suas medidadas distribuídas proporcionalmente, a sua altura deixa de ser um grande problema e pode ser um grande trunfo. O mesmo vale para quem é baixa e tem proporções adequadas.

A beleza é um conjunto que parado pode ser estranho, e em movimento pode ser espetacular. Um rosto sério é um céu nublado. O mesmo rosto sorrindo, é o mesmo céu com o pôr-do-sol do entardecer de um dia lindo de verão. Tudo muda.

Tudo depende de como você olha, de qual ângulo. Depende de qual contorno e quais linhas você contempla. Depende de como a luz bate e reflete na superfície dessa face. Tudo isso vai fazer parecer mais ou menos belo. As cores ao redor, os cabelos emoldurando o rosto e a paisagem ao fundo, são detalhes que também irão influenciar no julgamento do que é belo ou não é.

Eu já vi o feio se transformar em estranho. E depois em diferente. E daí em bonito.

Aí é que está! Quando se trabalha com beleza, você tem que saber enxergar o belo e extraí-lo. Você não pode ter um conceito do que é bonito na sua mente e procurar aquela beleza em todo mundo, ou correrá o risco de deixar todas as pessoas que passarem por suas mãos com a mesma cara (de Barbie? Pode até parecer bom, mas se você achar uma em cada esquina deixa de ter graça não é?). Você tem que enxergar "o bonito" daquela pessoa em particular e acentuar.

Avaliar a personalidade por trás daquele rosto ambém é fundamental. Rostos expressivos, marcados e descuidados refletem uma personalidade e uma vida inteira que não podem ser mudadas de uma hora pra outra com botox, cirurgia, preenchimentos, bioplastia, fios e etc. É uma transformação que pode levar embora rápido demais uma proteção da pessoa (pense o quanto dar um rosto ou corpo novo que chame a atenção a uma pessoa que não estava acostumada a ser o centro das atenções, pode trazer grandes problemas).

Observar. Avaliar. Ponderar. Refinar.