13 de jun de 2012

Regra número 13

SÓ COMA ALIMENTOS QUE ACABARÃO APODRECENDO




O que significa dizer que o alimento “estragou”? Em geral, significa que os fungos, bactérias, insetos e roedores com os quais disputamos nutrientes e calorias chegaram a ele antes de nós. O processamento dos alimentos começou como uma forma de protegê-los desses rivais e, assim, aumentar sua vida útil de prateleira, ou seja, seu prazo de validade.

Consegue-se isso, em geral, ao tornar o alimento menos atraente para os nossos concorrentes: retirando dele os nutrientes que os atraiam, ou eliminando outros nutrientes com propensão a estragar, como os ácidos graxos ômega-3. Quanto mais processado é um alimento, maior sua vida útil de prateleira e menos nutritivo ele normalmente é. O alimento de verdade é vivo – logo, é perecível. (Há algumas exceções a essa regra, por exemplo, o mel tem uma vida útil de prateleira medida em séculos.) Lembrete: quase todas as substâncias não perecíveis com aparência de comida num supermercado encontram-se nos corredores centrais.