5 de jul de 2012

Regra número 43

TOME UM COPO DE VINHO DURANTE O JANTAR



 O vinho pode não ser o segredo por trás da dieta francesa ou mediterrânea, mas parece, de fato, ser parte integrante desses padrões de dieta. Hoje há um número considerável de provas científicas dos benefícios do álcool para a saúde, que reitera alguns séculos de crenças tradicionais e provas anedóticas. Conscientes dos malefícios do alcoolismo para a sociedade e para a saúde, as autoridades de saúde pública tem muita dificuldade de recomendar que se beba, mas o fato é que quem bebe moderadamente costuma viver mais e ser menos suscetível a ataques cardíacos que os abstêmios.

Qualquer tipo de bebida alcoólica parece diminuir o risco de ataque do coração, mas os polifenóis do vinho tinto (resveratrol, em particular) podem ter características singulares de proteção.  A maioria dos especialistas recomenda, no máximo, duas doses por dia para os homens e uma para as mulheres. E os benefícios do álcool para a saúde podem depender tanto do padrão do consumo quanto da quantidade: beber um pouco diariamente é melhor que beber muito nos fins de semana, e beber enquanto se come é melhor que beber de estômago vazio. Algum dia a ciência talvez entenda as complexas sinergias em ação numa dieta tradicional que inclua o vinho, mas, até lá, podemos nos maravilhar com sua sabedoria acumulada – e erguer um brinde ao paradoxo.