20 de jul de 2012

Regra número 60

TRATE AS GULOSEIMAS COMO GULOSEIMAS


Não há nada de errado com as comidas para ocasiões especiais, desde que todo dia não seja uma ocasião especial. Esse é mais um caso em que terceirizar o preparo de nossa comida para as indústrias nos causou um problema: tornou alimentos antes caros e trabalhosos de fazer – tudo, desde frango frito e batata frita a tortas e sorvetes – fáceis e prontamente acessíveis. Fazer frango frito é tão trabalhoso, que ninguém fazia, a não ser que tivesse convidados para comer em casa e muito tempo para cozinhar.


O trabalho que o capricho dava controlava sua freqüência. Como essas comidas para ocasiões especiais proporcionam alguns dos maiores prazeres da vida, não devemos nos privar delas, mas a noção de oportunidade deve ser recuperada. Uma forma é começar a fazer essas comidas você mesmo; se você faz suas tortas, não há de querer ter tanto trabalho todo dia. Outra alternativa é restringir o consumo aos fins de semana e a ocasiões sociais. Algumas pessoas seguem a chamada política do N: “Nada de petiscos, nada de repetir, nada de doces – a não ser em dias que comecem com a letra D.”