13 de out de 2013

Repórter fica um mês sem tirar maquiagem e pele envelhece 10 anos!

Você tira a maquiagem todo dia?
 
Se a resposta for não, saiba que não está sozinha.
 
Segundo uma pesquisa, 30% das mulheres dormem com a maquiagem no rosto pelo menos duas vezes por semana. 

De acordo com o jornal Daily Mail, as mulheres disseram ainda saber que o excesso de cosméticos na pele durante a noite pode causar manchas, deixar a pele seca e os cílios quebradiços. 

Mas, se as mulheres sabem que dormir de maquiagem faz mal para a pele, por que ainda fazem? Os estudiosos concluiram ainda que a limpeza da pele não está na lista de prioridades noturnas, que tem como principais tópicos, lavar a guardar a louça, arrumar a casa, juntar os brinquedos das crianças, responder e-mails, pensar no lanche do dia seguinte, arrumar o uniforme escolar dos filhos, entre outras coisas.
 
Com tantos afazeres, a repórter Anna Pursglove nunca se preocupou muito com o assunto e achava que era mais um complô da indústria de cosméticos para vender demaquilantes. Por isso, ela resolveu testar.
 
Anna ficou um mês sem remover a maquiagem adequadamente (apenas lavava o rosto no chuveiro, não passava demaquilante e aplicava novas camadas de maquiagem a cada dia) e experimentou na pele os efeitos do mau hábito. 
 
Repórter fica um mês sem tirar a maquiagem e percebe efeitos negativos na pele Foto: Reprodução

 
Antes de começar a experiência, ela teve a pele minimamente analisada por um profissional para fazer as comparações depois de passados os 30 dias. Ela aplicava todos os dias lápis, rímel, blush e gloss.

Experiência

 Na primeira noite que dormiu com a maquiagem, a repórter se assustou com a sujeira do travesseiro, além de sentir coceira nos olhos e perceber o rímel empelotado nos cílios.
 
No terceiro dia, Anna percebeu que estava com manchas brancas ao redor dos olhos e que a pele estava muita seca, com a sensação de uma máscara. Os amigos começaram a comentar que ela estava com aparência de cansada. Com uma avaliação médica precisa, a pele parecia irregular, como uma parede mal rebocada.

Para tentar driblar o ressecamento da pele, Anna aplicava mais hidratante, mas o efeito não aparecia. Segundo ela, a pior parte eram os cílios que estavam completamente colados e, de acordo com que ela ia retirando as "bolas" de rímel, os cílios iam saindo junto.

No décimo dia, a repórter acordou com um dos olhos inchados e o oftalmologista disse que o excesso de rímel havia entrado no olho, mas com o tempo, ele voltaria ao normal. Por causa disso, Anna ficou 48 horas sem aplicar novas camadas de maquiagem.

Com o passar dos dias, a pele estava cada vez mais seca, principalmente nos cantos da boca. Além disso, a pálpebra estava avermelhada e ela não conseguia mais passar rímel, além de ter aparecido uma espécie de caspa nos cílios.
 
Resultados

 Depois de 30 dias, com o rosto todo vermelho Anna voltou ao especialista. Ele concluiu que a pele estava 20% pior e mais ressacada do que antes da experiência. "Não é apenas a pele superficial, mas as outras camadas também sofrem", explicou a Dra. Stefanie Williams, diretora  da European Dermatology London Clinic.

Anna percebeu ainda que não apareceram novas rugas, mas que as já existentes estavam mais profundas. A vermelhidão era sinal de irritação na pele.

Os poros também estavam cerca de 5% maiores e o especialista explicou que isso acontece por causa da redução da elasticidade da pele. Os médicos disseram ainda que a pele envelheceu 10 anos em um mês por causa da grande quantidade de detritos que se acumularam. Eles explicaram que os poluentes que ficam na pele contribuem para a degradação do colágeno e da elastina acelerando o processo de envelhecimento.
 
(fonte: beleza.terra.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário