6 de abr de 2014

Famosas como Ísis Valverde e Larissa Maciel se rendem ao Neopilates

Está à procura de uma atividade física que gaste muitas calorias, deixe o corpo sarado e ainda seja muito divertida? Então aposte no neopilates. Ele foi criado em 2010 pela fisioterapeuta e mestre em neurociências Amanda Braz, que é proprietária de um estúdio de pilates em Santa Catarina, e tem feito muito sucesso entre os praticantes. “Eu fui obrigada a ficar de cama por causa de uma gravidez de risco e aproveitei esse momento difícil da minha vida para iniciar o projeto”, conta. “Para isso, me aprofundei no estudo do método criado por Joseph Pilates e analisei minha experiência clínica, o que me fez perceber que havia a necessidade da atualização da modalidade.”



As características principais do pilates convencional foram preservadas. O que significa que todos os movimentos são feitos utilizando o controle do corpo e da respiração, a concentração, a contração do abdômen, o alinhamento, a fluidez e a precisão. Mas foram introduzidos exercícios do treinamento funcional e das artes circenses, o que deixou as aulas mais dinâmicas. Além disso, Amanda recrutou uma equipe de fisioterapeutas e engenheiros para criar novos aparelhos. “Boa parte desses equipamentos proporcionam instabilidade ao praticante, o que faz com que vários músculos sejam ativados ao mesmo tempo e com mais intensidade, e leva a um maior gasto energético”, explica Sylvia Becker, que dá aulas de neopilates na sua academia em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.
“A queima calórica varia muito de pessoa para pessoa, mas fica em torno de 500 por hora”, afirma Amanda. “Isso sem falar que a prática ativa o metabolismo e, por isso, o gasto de calorias continua depois da aula, durante a recuperação dos músculos”, acrescenta Sylvia. Além de todos esses benefícios, a técnica melhora a postura, a força, a flexibilidade, o equilíbrio, a velocidade, a resistência e a coordenação.
E tudo isso acontece de uma maneira muito divertida, já que os exercícios são mais lúdicos e dinâmicos, fazendo com que o aluno trabalhe o corpo todo com muito prazer e ainda dá um chega para lá no estresse. Outro diferencial do neopilates é que os movimentos são individualizados, o que garante resultados mais eficazes, diminui as contraindicações e permite que ele seja feito por pessoas de todas as idades.
“Apenas as grávidas, os cardiopatas, os hipertensos e os diabéticos devem requisitar liberação médica antes de começar a frequentar as aulas”, afirma Sylvia. Já quem tem problemas musculares ou esqueléticos é muito beneficiado com a modalidade. “Isso porque os movimentos exigem muito dos músculos estabilizadores do corpo, o que ajuda a evitar e tratar esse tipo de disfunção”, diz Amanda.

(fonte: beleza.terra.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário