18 de mai de 2014

Refrigerante pode aumentar a pressão arterial

Beber refrigerantes com frequência pode levar a um aumento da pressão arterial, até mesmo em adolescentes. Essa é a principal conclusão de um grande estudo de revisão publicado no American Journal of Cardiology, que levantou dados de cerca de  400 mil pessoas, avaliadas em 12 pesquisas anteriores. O trabalho foi realizado por pesquisadores do Griffin Hospital, em Derby (Connecticut), nos Estados Unidos e foi veiculado essa semana pelo jornal inglês Daily Mail.




Todos os trabalhos apontaram uma correlação importante entre ingerir bebidas adoçadas (sucos, refrigerantes e energéticos) e maior risco de hipertensão arterial, que é hoje um dos principais fatores de risco para doenças cardíacas e AVCs (derrames). Pessoas que tomam essas bebidas têm de 26% a 70% mais chance de ter níveis elevados de pressão arterial. Entre adolescentes que bebem 3 refrigerantes por dia, essa chance chega a ser 87% mais elevada.
As hipóteses mais prováveis para essa associação são um aumento do consumo de sódio (sal) com esses refrigerantes ou, ainda, uma redução dos níveis de óxido nítrico, o que que aumentaria a a vasoconstricção no organismo (vasos sanguineos ficam mais “fechados''). Os dois mecanismos  poderiam  elevar  a pressão arterial.
Bom lembrar que refrigerantes já foram associados a obesidade, diabetes e maior risco de doença cardíaca. Talvez seja importante começar a discutir de forma mais direta com as crianças e jovens, principalmente, a importância de diminuir o consumo de refrigerantes e outras bebidas adoçadas e, preferir água e sucos naturais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário